Tufão Malakas segue a leste do Japão e Megi causa mortes nas Filipinas

O primeiro tufão do ano deverá afetar severamente as Ilhas Ogasawara, mas não se aproximará da costa do país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Tufão Malakas, o primeiro do ano (AMJ)

Segundo a AMJ-Agência de Meteorologia do Japão, o primeiro tufão do ano, Malakas, grande e forte, continua a leste das Filipinas, na manhã de quarta-feira (13).

Publicidade

A previsão é de que o Malakas ganhe potência, se desenvolvendo para muito forte, com 940hPa, na quinta-feira (14), quando se move para sul do Japão e no dia seguinte deverá estar sobre as Ilhas Ogasawara, podendo causar sérios danos.

Depois, deverá fazer um curso em sentido a leste do Japão, mas longe da costa. A previsão é de que em 17 se transforme em ciclone tropical.

Segundo tufão causa mortes nas Filipinas

O tufão número 2, Megi, se transformou em ciclone tropical na terça-feira (12), mas antes disso, causou desastres nas Filipinas.

Ocorreram enchentes e deslizamentos, os quais foram responsáveis pela morte de 42 pessoas, além de 6 desaparecidas, até terça-feira. 

Fontes: AMJ, ANN e WeatherNews

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Taiwan lança manual de sobrevivência à guerra

Publicado em 13 de abril de 2022, em Ásia

O manual de Taiwan detalha como encontrar abrigos antibombas via apps de smartphone e fornecimentos de água e comida.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

As forças armadas de Taiwan lançaram um manual sobre defesa civil pela primeira vez na terça-feira (12), oferecendo aos cidadãos um guia de sobrevivência em um cenário de guerra enquanto a invasão da Ucrânia pela Rússia foca atenção sobre como a ilha deveria responder à pressão da China.

Publicidade

A China nunca renunciou o uso de força para trazer Taiwan sob seu controle, e aumentou atividades militares circundantes nos últimos dois anos, para pressioná-la a aceitar suas reivindicações de soberania.

O manual de Taiwan detalha como encontrar abrigos antibombas via apps de smartphone, fornecimentos de água e comida, assim como dicas para preparar kits de primeiros socorros.

O planejamento do manual é anterior ao ataque da Ucrânia pela Rússia, que levou ao debate sobre suas implicações para Taiwan e maneiras de aumentar a preparação, como reformas para treinar reservistas.

“Estamos fornecendo informação sobre como cidadãos devem reagir em uma crise militar e possíveis desastres que podem acontecer”, disse Liu Tai-yi, oficial da unidade de Mobilização de Defesa Completa, em uma coletiva de imprensa online.

Ele disse que o manual, o qual é similar àqueles emitidos pela Suécia e Japão, teria atualização adicional como os locais dos abrigos, hospitais e estabelecimentos para itens de necessidade diária.

Taiwan não reportou qualquer sinal de invasão iminente planejada pela China, mas levantou seu nível de alerta desde o início da guerra na Ucrânia, a qual Moscou chama de “operação militar especial”.

Fonte: Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência