Barco Kazu I é retirado um mês depois do trágico acidente e licença da empresa é revogada

O barco de turismo afundou nas águas de Hokkaido, matando 14 pessoas, sendo que 12 continuam desaparecidas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Barco fixado para ser retirado (NTV)

Por volta das 15h30 de segunda-feira (23), na costa da Península de Shiretoko, em Hokkaido, começou o trabalho de retirada do barco turístico Kazu I encontrado a cerca de 120 metros do fundo do mar.

Publicidade

O trabalho deverá ser concluído na terça-feira (24), usando guindaste. O casco foi fixado ao navio da atividade de resgate e foi transportado para as águas rasas da cidade de Shari para a conclusão da retirada.

1 mês da morte de 14 pessoas

Nessa data fez um mês desde que afundou, tirando a vida de 14 pessoas, das quais somente dois corpos foram encontrados.  

Familiares e conhecidos foram oferecer flores e incenso para as vítimas em Nakashibetsu (Hokkaido).

Licença revogada

Barco Kazu I (imagem da HP)

Um porta-voz do Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo (MLIT) disse à imprensa que o resultado de uma auditoria especial realizada na empresa operadora, apontou o não cumprimento de algumas regras

Por isso, a revogação da licença de operação será anunciada formalmente na terça-feira (24).  

Segundo o ministério a operadora violou os seguintes itens importantes:

  • Não cumpriu os critérios para decisão de saída
  • O sistema de gestão de segurança foi inadequado, pois o dono deixou a empresa e não tinha como se comunicar com ele
  • Não foi possível estabelecer comunicação durante o trajeto de turismo
  • Foram confirmadas várias violações do Regulamento de Gerenciamento de Segurança com base na Lei de Transporte Marítimo, como defeito no equipamento de comunicação (rádio)

Com essa revogação da licença comercial, a disposição administrativa mais pesada, a empresa não pode mais operar com as embarcações de turismo.

Fontes: NHK e NTV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Soldado russo é condenado à prisão perpétua por crimes de guerra na Ucrânia

Publicado em 24 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

Um tribunal em Kiev transmitiu a sentença ao militar russo de 21 anos por atirar contra uma civil desarmado nos primeiros dias da guerra.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vadim Shishimarin, de 21 anos, foi condenado à prisão perpétua por crime de guerra (NHK)

Quase três meses após a Rússia ter lançado sua invasão, a Ucrânia viu seu primeiro julgamento por crimes de guerra contra um militar russo se encerrar na segunda-feira (23) com prisão perpétua.

Publicidade

Um tribunal em Kiev transmitiu a sentença ao soldado russo por atirar contra um civil desarmado nos primeiros dias da guerra.

Vadim Shishimarin, de 21 anos, foi condenado na segunda-feira por atirar e matar Oleksander Shelipov, de 62 anos, em 28 de fevereiro, apenas 4 dias após o presidente russo Vladimir Putin ter ordenado a invasão, no vilarejo de Chupakhiva, no nordeste da Ucrânia.

Shishimarin foi considerado culpado, mas disse que havia agido sob ordens, e pediu desculpas à viúva de Shelipov.

A Rússia nega que seus militares tinham como alvo civis durante toda sua invasão, mas a Ucrânia afirma que já está investigando cerca de 13 mil crimes de guerra.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que Moscou buscaria maneiras de defender Shishimarin.

Fonte: CBS News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância