Xangai: centro financeiro da China suspenderá restrições da covid-19

Xangai anuncia que certas medidas de lockdown da covid-19 impostas sobre empresas serão suspensas a partir de 1º de junho.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Centro financeiro de Xangai, na China (banco de imagens)

Autoridades em Xangai anunciaram que certas medidas de lockdown da covid-19 impostas sobre empresas serão suspensas a partir de quarta-feira (1º).

Publicidade

Planos também foram introduzidos para dar suporte à economia, que foi duramente atingida pelas restrições.

O centro comercial está sob lockdown rigoroso há quase 2 meses.

Enquanto isso, a capital da China, Pequim, reabriu partes de seu sistema de transporte público, assim como alguns shoppings e outros locais com a diminuição das infecções.

O anúncio em Xangai ocorreu enquanto números oficiais mostraram no domingo (29) que novos casos diários de coronavírus caíram de 170 para 122 ao longo do período de 24 horas.

Diretrizes para reduzir a propagação da covid-19 e controle do número de pessoas retornando ao trabalho serão revisadas.

A ação verá “restrições irracionais” sendo suspensas sobre trabalho e produção nas companhias, disse o vice-prefeito Wu Qing em uma coletiva de imprensa.

Fonte: BBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Navio de passageiros afunda na Indonésia: 31 salvos e 11 desaparecidos

Publicado em 30 de maio de 2022, em Ásia

A embarcação teria sido atingida por ondas muito elevadas por causa do mau tempo, com 42 passageiros.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Sobreviventes resgatados chegam de barco (foto de Bahaudin Qusairi/Xinhua)

Um navio de passageiros, que transportava cerca de 42 pessoas, afundou após ser atingido por enormes ondas no estreito de Makassar, na ilha de Celebes ou Suwalesi, Indonésia, na quinta-feira (26). 

Publicidade

Até a manhã de segunda-feira (30) a informação era de que 31 pessoas foram resgatadas, enquanto 11 continuam desaparecidas e estão sendo buscadas.

A mídia local informou que o navio deixou o porto com mau tempo, e outras dizem que a falta de combustível foi a causa do acidente.

Partiu do porto de Paotere em Makassar, capital da província de Celebes do Sul, e dirigia-se a um porto marítimo no distrito de Pangkajene.

Mas os socorristas não foram notificados do incidente até sábado, segundo Wahid D.J., um alto funcionário do escritório de busca e salvamento. As buscas continuam sendo feitas com barcos e helicópteros com mais de 100 integrantes.

De acordo com o Consulado Geral em Makassar, não há informações de envolvimento de japoneses. 

Fontes: FNN e Xinhua 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência