H&M decide sair da Rússia

O fechamento afetará as 170 lojas físicas da companhia no país e seus canais de vendas online.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma loja fechada da H&M em shopping de São Petersburgo na Rússia (banco de imagens)

A H&M, a segunda maior varejista de roupas do mundo, disse na segunda-feira (18) que deixará seus negócios na Rússia, uma medida que custará cerca de US$200 milhões e afetará 6 mil funcionários, enquanto ela se junta a um crescente número de companhias que saíram completamente do país.

Publicidade

A companhia suspendeu seus negócios na Rússia no início de março, após sanções do Ocidente contra Moscou devido a sua invasão à Ucrânia.

A Rússia era o sexto maior mercado da H&M e a companhia estava aumentando seu número de lojas no país enquanto reduzia em outros lugares.

“Após consideração cuidadosa, vemos como impossível, dada a atual situação, continuar nossos negócios na Rússia”, disse a chefe executiva Helena Helmersson em uma declaração.

A H&M tem a intenção de reabrir temporariamente lojas físicas em agosto para vender o restante do estoque na Rússia, disse um porta-voz.

O fechamento afetará as 170 lojas físicas da companhia no país e seus canais de vendas online, disse um porta-voz. A H&M aluga e opera as lojas diretamente.

Fonte: U.S News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Segunda-feira: 76 mil novos casos de coronavírus no Japão

Publicado em 18 de julho de 2022, em Sociedade

Esta foi a segunda-feira com o maior número de novos casos desta epidemia e Kanagawa teve recorde.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

No feriado, Dia do Mar, segunda-feira (18), até as 18h30, o Japão teve 76.200 testados positivo, o maior número do mesmo dia da semana de todo o período desta epidemia. Ultrapassou os 67.986 de 7 de fevereiro, mês de pico da sexta onda. O total acumulado aumentou para 10.410.742 pessoas infectadas.

Publicidade

A província de Kanagawa teve o pior total de pouco mais de 9 mil novos casos, ultrapassando os 9.096 de 5 de fevereiro, sábado. Okinawa, Wakayama, Miyagi, Aomori, Shiga e Gunma tiveram recorde de todas as segundas-feiras da epidemia. 

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 12.696
  2. Kanagawa: 9.445
  3. Saitama: 5.639
  4. Osaka: 4.859
  5. Fukuoka: 4.187
  6. Chiba: 4.181
  7. Aichi: 3.258
  8. Hyogo: 3.302

Outras províncias com números preocupantes.

  • Okinawa: 1.990
  • Quioto: 1.895
  • Hokkaido: 1.515
  • Shizuoka: 1.464

Óbitos, recuperações e pacientes em tratamento

O dia teve 19 óbitos, sendo 3 em Aomori e Wakayama; 2 em Fukuoka e em Kumamoto; 1 em Iwate, Tochigi, Tóquio, Gunma, Fukui, Shizuoka, Aichi, Shimane e Nagasaki.

São 807.099 pacientes em tratamento.

Em contrapartida, são 9.572.014 pessoas recuperadas da covid.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 1.515
Tohoku
Aomori 779
Iwate 389
Miyagi 598
Akita 231
Yamagata 194
Fukushima 408
Kanto
Ibaraki 1.139
Tochigi 616
Gunma 754
Saitama 5.639
Chiba 4.181
Tóquio 12.696
Kanagawa 9.445
Hokuriku
Niigata 681
Toyama 294
Ishikawa 615
Fukui 529
Koshin
Yamanashi 304
Nagano 519
Tokai
Gifu 665
Shizuoka 1.464
Aichi 3.258
Mie 907
Kinki
Shiga 1.054
Quioto 1.895
Osaka 4.859
Hyogo 3.302
Nara 1.049
Wakayama 449
Chugoku
Tottori 285
Shimane 391
Okayama 732
Hiroshima 1.012
Yamaguchi 424
Shikoku
Tokushima 286
Kagawa 413
Ehime 384
Kochi 218
Kyushu
Fukuoka 4.187
Saga 738
Nagasaki 568
Kumamoto 1.441
Oita 646
Miyazaki 832
Kagoshima 1.190
Okinawa 1.990
Aeroportos 35
TOTAL GERAL 76.200
Fontes: News Digest e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência