Processo afirma que Skittles são ‘impróprias para consumo’

O dióxido de titânio é uma substância química encontrada em pinturas, protetores solares e cosméticos. Ele também é usado há muito tempo em produtos alimentícios.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um pacote de Skittles (ilustrativa/banco de imagens)

Uma mulher moveu uma ação judicial contra a Mars na semana passada acusando a companhia de alimentos multinacional de falhar em suspender o uso de uma substância química em suas populares balas Skittles.

Publicidade

Em um processo apresentado junto ao tribunal da Califórnia, Jenile Thames alegou que ela abriu um pacote de Skittles em abril que ainda continha dióxido de titânio (TiO2).

A ação também acusou a Mars de falhar em empacotar as balas de uma maneira para permitir que clientes visualizassem informação sobre o produto.

O site Insider divulgou que em 2016 a Mars prometeu suspender o uso de dióxido de titânio e outros corantes artificiais em seus produtos pelos próximos 5 anos.

O dióxido de titânio é uma substância química encontrada em pinturas, protetores solares e cosméticos. Ele também é usado há muito tempo em produtos alimentícios como balas, chicletes, chocolates e cremes para café.

De acordo com pesquisadores, os efeitos do dióxido de titânio sendo digeridos pelo corpo incluem danos cromossômicos, inflamação no corpo, necroses celular e disfunção.

Os advogados de Thames estão buscando uma ação de classe que cobrirá todos os clientes da Skittles nos EUA, de acordo com o Insider.

Em 2019, a França anunciou uma proibição sobre itens que contêm dióxido de titânio que entrou em vigor neste ano. Recentemente, a União Europeia anunciou sua proibição do TiO2 como aditivo alimentar com a eliminação começando em fevereiro antes de uma proibição total a partir do próximo mês.

Fonte: The Hill

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Visita a uma mina desativada resulta em morte de 2 homens

Publicado em 18 de julho de 2022, em Sociedade

Os exploradores visitaram uma mina, entraram em um túnel e morreram por falta de oxigênio.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Entrada do túnel da mina desativada (ANN)

Por volta das 11h05 de domingo (17), entrou uma chamada no 119 pedindo socorro para “homens desmaiados por falta de oxigênio”.

Publicidade

Segundo o Corpo de Bombeiros, foi deslocada uma equipe imediatamente para o local, que é um túnel de uma mina em Chichibu (Saitama). Dois homens, na faixa dos 30 e 40 anos, foram encontrados inconscientes e levados para o hospital, onde a morte foi confirmada.  

Segundo a polícia de Chichibu, o diâmetro da entrada da mina é de cerca de 1,20 metro. Quatro homens marcaram encontro para visitar o local depois de se conhecerem por uma das redes sociais.

Eles se dividiram em 2 grupos de dois para entrar. Como os dois primeiros demoravam para sair, um na faixa dos 50 resolveu verificar. Foram encontrados caídos a cerca de 200 a 300 metros da entrada.

A causa da morte foi por falta de oxigênio, pois logo na entrada a medição indicou quase zero.

A polícia se apressa para identificar os mortos e ouviu os dois companheiros para saber o motivo da visita à mina.

Fontes: ANN e Yomiuri 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência