Veículo aéreo não tripulado da China é flagrado sobre Okinawa

Um drone de uso militar da China foi monitorado pela Força de Autodefesa Aérea do Japão quando passou sobre Okinawa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Veículo aéreo não tripulado TB-001 (MOD)

O Gabinete Conjunto do Ministério da Defesa do Japão (MOD) informou na terça-feira (26) que um veículo aéreo não tripulado de reconhecimento e ataque da China, o TB-001, foi visto no espaço aéreo japonês.

Publicidade

Voou do Mar da China Oriental, depois passou pelo sul, entre a ilha principal de Okinawa e Miyako, e depois foi para o Oceano Pacífico. Além disso, o drone voou em direção ao Estreito de Bass. 

Por outro lado, a Força de Autodefesa Aérea do Japão está monitorando continuamente usando aeronaves de combate.

Segundo o MOD é a primeira vez que se confirma um veículo aéreo não tripulado chinês voando solo nessa área, entre a ilha principal de Okinawa e Miyako.

“Existe a possibilidade de que o TB-001 tenha realizado algum tipo de treinamento e coleta de informações. Protegeremos firmemente as águas territoriais e o espaço aéreo do Japão. Com base nessa política, tomaremos todas as medidas possíveis contra as violações do espaço aéreo de acordo com o direito internacional e com a Lei das Forças de Autodefesa”, declarou o MOD.

O TB-001 foi confirmado pela primeira vez pela Força de Autodefesa Aérea do Japão no Mar da China Oriental em agosto de 2021. Essa aeronave é considerada o maior drone de reconhecimento de combate na China desenvolvido pela Sichuan Tengden Technology. 

Foi anunciado que pode voar a uma altitude de 9 mil metros e uma velocidade de voo de 300km/h por 35 horas. 

Com essa rota em particular, é possível que a China tenha querido mostrar ao Japão e Taiwan a capacidade desse drone em particular.

Fontes: JNN e Fly Team

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão projeta escassez de cerca de 1 milhão de profissionais da saúde até 2040

Publicado em 27 de julho de 2022, em Sociedade

Tóquio se prepara para compartilhar tarefas entre médicos, profissionais da enfermagem e farmacêuticos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

‘Troca de tarefas’ são necessárias para otimizar o uso de pessoal treinado da área médica (ilustrativa/banco d eimagens)

O Japão planeja introduzir um sistema o qual permite que médicos, profissionais da enfermagem e farmacêuticos compartilhem mais trabalho em suas categorias ocupacionais para promover cuidados eficientes enquanto o país se prepara para uma ampla escassez de mão de obra no setor, soube o site Nikkei.

Publicidade

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar especificará em seu livro branco de 2022, atualmente está sendo compilado, que reformas como “compartilhamento de tarefas” e “troca de tarefas” são necessárias para otimizar o uso de pessoal treinado da área médica.

Para trabalhar como médico, os praticantes devem ser aprovados em um exame nacional específico, e profissionais da enfermagem não podem exercer tratamentos reservados para médicos. E mesmo se um farmacêutico está perto de um paciente, uma enfermeira é quem deve trocar uma bolsa intravenosa, por exemplo.

O livro branco do ministério presumirá que o número de profissionais da área médica e do bem-estar necessário em 2040 será de 10.7 milhões, e que isso significará uma escassez de cerca de 960 mil.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência