Forte intenção assassina no crime contra esposa e filha do brasileiro, o qual ainda não foi encontrado

O marido e pai das vítimas ainda continua sendo procurado pois a polícia acha que ele pode saber das circunstâncias.

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Chefe da polícia do Japão renunciará por falhas na segurança do ex-primeiro-ministro Abe

Publicado em 25 de agosto de 2022, em Sociedade

A renúncia de Itaru Nakamura deve ser aprovada em uma reunião do Gabinete na sexta-feira (26).

Itaru Nakamura disse que tem a intenção de renunciar pelo assassinato de Abe (NHK)

O chefe da polícia do Japão disse que tem a intenção de renunciar pelo assassinato do ex-primeiro-ministro Shinzo Abe no mês passado. O anúncio ocorre após a divulgação de uma revisão da segurança quando o incidente ocorreu.

Publicidade

“A Agência Nacional de Polícia (ANP) acredita que é necessário implementar de forma estável medidas baseadas nas novas exigências de segurança sob um novo sistema para prevenir que um incidente do tipo ocorra novamente. Hoje, transmito à Comissão Nacional de Segurança Pública minha intenção de renunciar, em um esforço para reorganizar assuntos pessoais”, disse Itaru Nakamura.

A renúncia de Nakamura deve ser aprovada em uma reunião do Gabinete na sexta-feira (26).

Em 8 de julho, Abe foi baleado enquanto fazia um discurso na cidade de Nara. A ANP suspeita que pode ter havido um problema com a organização de segurança atrás do ex-primeiro-ministro.

Nakamura se juntou à ANP em 1986. Ele trabalhou principalmente no departamento de investigações criminais e medidas contra o crime organizado. O chefe de 59 anos está em seu cargo atual há cerca de 1 ano.

Após o incidente com Abe, a ANP divulgou os resultados de uma revisão de medidas de segurança. Ela encontrou falhas em planos de segurança, junto com comando insuficiente e compartilhamento de informação no local. A agência também disse que a polícia falhou em notar o suspeito se aproximando de Abe.

O governo diz que planeja revisar drasticamente operações de segurança para pessoas importantes e fortalecer o envolvimento da agência com a polícia provincial. Isso será feito ao reformular políticas de segurança pela primeira vez em 30 anos.

O chefe da Polícia Provincial de Nara, Tomoaki Onizuka, também transmitiu nesta quinta-feira sua intenção de renunciar.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros