iPhone no Japão continua sendo o mais barato do mundo

Existe diferença até mesmo com os preços dos Estados Unidos e em relação à França é grande.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

iPhones dispostos na loja (JNN)

Por causa da desvalorização do iene, a Apple aumentou o preço dos aplicativos em cerca de 30% a partir de quarta-feira (5). Por outro lado, o preço do iPhone no Japão continua sendo o mais barato do mundo.

Publicidade

Os aplicativos adquiridos na App Store e também as tarifas geradas pelo uso do conteúdo deles aumentou. Se antes se pagava 120 ienes por um app, passou a ¥160, o que representa um aumento de cerca de 30%.

E isso não aconteceu só no Japão, pois pelo efeito da força do dólar americano outros países como Coreia do Sul, Malásia e os que usam o euro como moeda na Europa também tiveram reajuste.

Quer comprar um iPhone? O momento é ideal 

Uma pesquisa realizada em 37 países para analisar os preços do iPhone 14 de 128GB mostra que o Japão ainda é onde se pode comprar mais barato.

Na Turquia, o preço chega a quase o dobro, e é um dos países mais caros, se converter em ienes. Foi constatado o preço de 240 mil ienes.

Esse modelo pesquisado, do iPhone, custa 119.800 ienes no Japão, enquanto no país de origem, Estados Unidos, é preciso desembolsar cerca de 128 mil ienes, na conversão.

Na França a diferença chega a quase 30 mil ienes a mais para adquirir o iPhone 14, pois na conversão chega a 147 mil ienes.

A empresa de pesquisa analisa que existe a possibilidade de novo aumento de preço em função dos futuros movimentos cambiais, como aconteceu com a linha do iPhone em julho.

Fonte: JNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão aprova vacina da Pfizer para uso em crianças de 6 meses a 4 anos

Publicado em 6 de outubro de 2022, em Sociedade

A vacina, que é uma versão atualizada que visa a cepa original e as subvariantes BA.4 e BA.5 da ômicron, será administrada em 3 doses.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vacina contra Covid da Pfizer para crianças entre 6 meses e 4 anos (ilustrativa/banco de imagens)

O Ministério da Saúde do Japão emitiu na quarta-feira (5) uma aprovação fast track* para a vacina da Pfizer contra covid-19 destinada a crianças entre 6 meses 4 anos de idade.

Publicidade

A vacina, que é uma versão atualizada que visa a cepa original e as subvariantes BA.4 e BA.5 da ômicron, será administrada em 3 doses. A segunda dose será oferecida 3 semanas após a primeira e a terceira oito semanas após a segunda.

O ministério também aprovou a produção e vendas da mesma vacina bivalente para adultos como dose de reforço.

Pessoas que receberam uma dose anterior há 5 meses ou antes serão elegíveis, disseram funcionários do ministério. Contudo, eles acrescentaram que o ministério está atualmente considerando a possibilidade de reduzir o intervalo entre as doses e chegará a uma conclusão até o fim de outubro.

Em janeiro, o Japão expandiu o uso da vacina para crianças de 5 anos de idade. No mês passado, autoridades da saúde começaram a administrar doses de reforço da Pfizer e da Moderna que têm como alvo a variante ômicron do coronavírus.

*fast track: reduz o prazo de aprovação normal
Fonte: Japan Times

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância