As melhores (e piores) cidades do mundo para os estrangeiros viverem

Infelizmente Tóquio, Paris e Vancouver estão entre as piores. Veja as top 20!

À esq. catedral em Valência (Espanha) toda iluminada (PxHere) e à dir. prédio icônico em Dubai (Pexels)

O maior site de intercâmbio do mundo, de pessoas que vão trabalhar e viver, o InterNations, divulgou o ranking das 50 cidades ao redor do mundo em termos de facilidade de vida para estrangeiros.

Publicidade

Em 2022 a espanhola Valência ficou em primeiro lugar. Localizada na costa onde o Rio Turia deságua no Mar Mediterrâneo, a cidade é conhecida por suas belas praias e rica cultura gastronômica.

O segundo lugar ficou com Dubai, nos Emirados Árabes Unidos (EAU), seguida pela Cidade do México, capital do país homônimo.

Valencia ficou em primeiro lugar não só em termos de pontuação geral, mas também em satisfação com a vida. Os estrangeiros que vivem na cidade citam tarifas baratas de transporte público, muitas oportunidades para praticar esportes e boa segurança pública. Também foi muito bem avaliada por sua facilidade de adaptação à vida local, seu ambiente relaxante e sua vida social. Além disso, foi elogiada pelo custo de vida. 

Duas cidades dos EUA chegaram ao top 20, surpreendentemente. São Miami e Nova Iorque, onde os estrangeiros residentes mostraram-se geralmente satisfeitos com o ambiente de trabalho, mas insatisfeitos com o sistema médico (muito caro nos EUA).

Os expatriados que vivem nas três piores cidades – Joanesburgo, Frankfurt e Paris – reclamaram das dificuldades financeiras. Joanesburgo recebeu pontuações particularmente baixas para padrões de vida e condições de trabalho. Frankfurt e Paris marcaram mal pela dificuldade de adaptação. Tóquio, também entrou nas piores do mundo.

Ranking das 20 melhores cidades do mundo

Para servir de inspiração como destino de uma viagem mais longa ou até de mudança, veja a lista. Há duas cidades na Espanha.

  1. Valência (Espanha)
  2. Dubai (EAU)
  3. Cidade do México (México)
  4. Lisboa (Portugal)
  5. Madrid (Espanha)
  6. Bangkok (Tailândia)
  7. Basel (Suíça)
  8. Melbourne (Austrália)
  9. Abu Dhabi (EAU)
  10. Singapura
  11. Talín (Estônia)
  12. Miami (EUA)
  13. Sydney (Austrália)
  14. Barcelona (Espanha)
  15. Nairóbi (Quênia)
  16. Nova Iorque (EUA)
  17. Copenhagen (Dinamarca)
  18. Lausanne (Suíça)
  19. Toronto (Canadá)
  20. Zurique (Suíça)

10 cidades difíceis para os estrangeiros morarem

  1. Joanesburgo (África do Sul)
  2. Frankfurt (Alemanha)
  3. Paris (França)
  4. Istambul (Turquia)
  5. Hong Kong (China)
  6. Hamburgo (Alemanha)
  7. Milão (Itália)
  8. Vancouver (Canadá)
  9. Tóquio (Japão)
  10. Roma (Itália)
Fontes: Forbes e InterNations

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Twitter proíbe conexões com o Facebook, Instagram e outros rivais

Publicado em 19 de dezembro de 2022, em Notícias do Mundo

As plataformas proibidas incluem sites dominantes como Facebook e Instagram e rivais novas como Mastodon, Tribel, Nostr, Post e a Truth Social do ex-presidente Donald Trump.

Apps do Facebook, Instagram e Twitter (banco de imagens)

Usuários do Twitter não poderão mais se conectar a certas mídias sociais rivais, incluindo o que a companhia descreveu no domingo (18) como “plataformas proibidas” Facebook, Instagram e Mastodon.

Publicidade

Essa é a mais recente ação do novo dono do Twitter, Elon Musk, para reprimir certos discursos após ele ter fechado uma conta na plataforma de mídia social na semana passada que estava rastreando os voos de seu avião privado.

“Sabemos que muitos de nossos usuários podem estar ativos em outras plataformas de mídia social, entretanto, avançando, o Twitter não permitirá mais promoção gratuita de plataformas de mídia social específica no serviço de microblog”, disse a companhia em uma declaração.

As plataformas proibidas incluem sites dominantes como Facebook e Instagram e rivais novas como Mastodon, Tribel, Nostr, Post e a Truth Social do ex-presidente Donald Trump.

O Twitter não deu explicações sobre por que a lista negra incluiu esses sites, mas não outros como Parler, TikTok e Linkedln.

Fonte: Japan Today

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros