Onda de frio extremo deixa dezenas de mortos na América do Norte

Tempestade de inverno causa interrupção generalizada por toda a América do Norte.

Mais de 55 milhões de americanos continuavam sob alertas de frio congelante no domingo, 25 de dezembro (NHK)

Pelo menos 38 mortes agora foram ligadas a uma severa frente ártica que continua a afetar os EUA e Canadá.

Publicidade

Autoridades dizem que 34 pessoas morreram nos EUA, com a pior área atingida sendo a cidade de Buffalo, no estado de Nova Iorque.

Quatro mortes ocorreram no Canadá quando um ônibus deslizou em uma estrada congelada na cidade de Merritt, na província da Colúmbia Britânica, no oeste do país.

A tempestade causou destruição por dias, mas a energia vem sendo restaurada de forma estável após apagões anteriores.

Milhares de voos foram cancelados, impedindo que muitas pessoas visitasse suas famílias no Natal.

Mais de 55 milhões de americanos continuavam sob alertas de frio congelante no domingo (25).

O alcance das condições de nevasca foi sem precedentes, se estendendo do Canadá até o Texas, nos EUA, no sul.

A tempestade de inverno chamada de “ciclone bomba”, que ocorre quando a pressão atmosférica cai, causando neve e ventania, interrompeu viagens por todo o país.

Fonte: BBC

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Número de mortes e feridos pode aumentar por causa das nevascas consecutivas no Japão

Publicado em 26 de dezembro de 2022, em Sociedade

Até sexta-feira foram confirmadas 9 mortes, mas no final de semana mais pessoas foram vítimas da nevasca e esse número pode aumentar.

Acúmulo de neve no telhado (NHK)

Duas ondas de frio consecutivas causaram nevascas no Japão desde o dia 17. Até as 8h de segunda-feira (26) foram registrados 1,76 metro de acúmulo em Okura (Yamagata), além de mais de 1 metro em diversas cidades de Hokkaido, Aomori, Niigata e Tottori.

Publicidade

Até nas províncias de Shikoku, onde não neva com frequência, a queda em 2 dias foi tão intensa que chegou a 60 centímetros de acúmulo em Kumakogen (Ehime), no domingo (25). 

Além da queda de energia elétrica em 3 mil domicílios e acidentes relatados, duas pessoas foram encontradas mortas na neve, no sábado. 

De acordo com a Agência de Gestão de Incêndios e Desastres do Ministério de Assuntos Internos e Comunicações do Japão, até sexta-feira (23), em todo o país foram confirmadas 9 mortes e 48 feridos.   

As vítimas fatais são de Hokkaido, Aomori, 2 de Akita, Yamagata, 3 em Niigata e 1 em Ishikawa. Esse número pode aumentar com a segunda nevasca de sexta-feira a domingo de Natal.

Embora o pico da nevasca tenha passado, as pessoas precisam tomar cuidado com avalanches e pistas com superfície congelada.

Há previsão de uma terceira onda de frio no Ano Novo.

Fontes: NHK e Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros