Rapidus decide instalar a primeira planta de semicondutores em Hokkaido

A empresa Rapidus composta por 8 gigantes japonesas decidiu o local onde instalará a primeira planta para a fabricação de semicondutores.

Foto ilustrativa de uma placa com semicondutores (NHK)

A Rapidus, empresa com investimentos de 8 gigantes do Japão como Toyota e Sony, será uma fabricante de semicondutores avançados de 2 nanômetros, considerados essenciais para indústrias de próxima geração, como direção autônoma e inteligência artificial (IA).

Publicidade

Segundo as fontes da NHK, a Rapidus escolheu construir a primeira unidade no parque industrial em Chitose (Hokkaido), perto do aeroporto.

Parque industrial perto do aeroporto Shin Chitose em Hokkaido (NHK)

A Rapidus decidiu se instalar nessa área de Hokkaido porque há indústrias relacionadas a automotivos e também pelo acesso ao aeroporto. A primeira planta deverá ser construída em 4 anos e pretende ampliar a área do terreno para 100 hectares.

Criada em novembro do ano passado, a Rapidus firmou parceria com a gigante americana de informática IBM, possuidora da tecnologia para tornar a largura dos circuitos semicondutores mais fina, e segue com pesquisa e desenvolvimento.

As 8 empresas investidoras da Rapidus (NHK)

No entanto, o Japão está muito atrasado no desenvolvimento tecnológico de semicondutores avançados. O desenvolvimento para smartphones e centros de dados com larguras de circuito de 5 a 16 nanômetros, que atualmente é o mainstream, é liderado pela TSMC, seguida por outras. Samsung da Coreia do Sul e Intel da América estão à frente.

Além da Samsung, a TSMC também lançou uma política com vistas à comercialização de semicondutores de 2 nanômetros.

Para ser competitiva, a Rapidus pretende trazer de volta os engenheiros japoneses que trabalham no exterior. 

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Milhares de sardinhas mortas nas praias causa impactos negativos

Publicado em 28 de fevereiro de 2023, em Sociedade

Enorme quantidade de sardinhas mortas nas praias está sendo um problema para pescadores e comunidade local.

Imagem: ANN

O impacto negativo devido ao grande número de sardinhas mortas que apareceram nas praias está se espalhando para todo o Japão. Em Aomori, a produção local de vieiras está sendo prejudicada e, em Niigata, uma quantidade anormal de atum rabilho foi capturada, uma situação incomum.

Publicidade

Em fevereiro, na Baía de Mutsu, na província de Aomori, milhares de sardinhas mortas apareceram por cerca de 50 km da costa. Em Toyama, milhares de sardinhas mortas foram encontradas ao longo de 2 quilômetros na praia de Matsudae.

Segundo o prefeito Katsuhiro Ishibashi, da cidade de Yokohama (Aomori), há lugares em que as máquinas pesadas para recolher as sardinhas não conseguem entrar. “Estamos tentando encontrar a melhor maneira de recolher as sardinhas, para acabar com o mau cheiro e reduzir o transtorno aos moradores.”, completou. As sardinhas mortas estão sendo enterradas pois não há como comercializar.

Segundo informações dos pescadores, aumentou muito o número de sardinhas no mar e a pesca não foi suficiente para diminuir os números. Elas acabaram subindo para a superfície e foram arrastada para a costa pelos fortes ventos.

E a quantidade de sardinhas mortas na praia acabou servindo de alimento para caranguejos, que cresceram e causaram danos às vieiras (espécie de molusco), produto popular na região.

Além disso, há um fenômeno raro no Mar do Japão envolvendo sardinhas. Os atuns pescados na cidade de Sado, província de Niigata, está com tamanho e peso anormal. Segundo um pescador, foram pescados de uma vez 38 atuns com peso médio de 50kg, sendo que o maior tinha 170,5kg. “Há muito tempo não pesco atuns tão grandes, espero conseguir um bom preço.”, disse. De acordo com pescadores, os atuns devem ter perseguido as sardinhas, e muitos deles caíram nas redes, o que é extremamente incomum.

Fonte: ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Nihongo - Estude em casa com o Kumon!
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Empregos para estrangeiros no Japão UT Suri-emu
Bell Mart - Produtos brasileiros no Japão