Brasileira encontrada morta tinha problemas conjugais

Polícia revela que marido, familiares e conhecidos foram prestar depoimento em relação ao caso da brasileira encontrada morta na escada do apartamento onde morava em Suzuka (Mie).

Imagem: Mie Terebi e NNN

Na noite do dia 3 de maio, a brasileira Aihara Almeida Rosely, 46, operária de fábrica, residente em Suzuka (Mie), foi encontrada morta na escada do apartamento que morava. Ela apresentava várias marcas de corte na cabeça e no pescoço, e seus pertences foram levados.

Publicidade

Segundo a polícia, a brasileira havia ligado para o 110 sobre problemas conjugais em novembro do ano passado. De acordo com os investigadores, naquela ocasião, os policiais foram até a residência onde ela e o marido moravam na época, na cidade de Yokkaichi, e o problema foi resolvido no local.

Como seus pertences foram levados da cena do crime, a polícia da província declarou que se tratava de um caso de latrocínio e montou um centro de investigação na Delegacia de Polícia de Suzuka em 4 de abril.

O apartamento dela estava trancado e não havia sinais de invasão ou problemas, logo se acredita que ela tenha sido atacada na escada por alguém que estava esperando por ela, pouco antes de voltar ou logo depois de sair de casa.

Também foi revelado que, após o incidente, diversas pessoas envolvidas, incluindo o marido e outros membros da família e amigos próximos, prestaram depoimento. A delegacia está investigando cuidadosamente os depoimentos para descobrir se há alguma pista importante para elucidar o crime, e também está analisando as imagens e filmagens de câmeras de segurança da área ao redor.

Rosely era muito conhecida na comunidade brasileira de Mie, e os conhecidos aguardam a elucidação do crime.

Fonte: Sankei, Chukyo TV e Ise Shimbum

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Alergia alimentar: controle com nutrição

Publicado em 6 de maio de 2023, em Nutricionista Silvia Tsutsumi

Alimentação que auxilia no controle da alergia alimentar, com dica para quem tem filhos na escola japonesa.

Publicidade

A alergia alimentar é uma reação do sistema imunológico a determinadas proteínas.

As proteínas mais comuns que provocam reações imunológicas são as do leite, ovos, amendoim, trigo, soja, frutos do mar e nozes.

A alergia alimentar pode causar sintomas leves, como erupções cutâneas e coceira, dermatites atópicas, vômito, diarreia, como até reações graves, como anafilaxia, que pode ser fatal.

Importante: no Japão, os pais da criança que tem alergia à algum produto alimentício ou alimento, deve comunicar a escola onde está matriculada para que seja substituído da merenda oferecida na hora do almoço. Isso é um dever dos pais e um direito da criança que salva sua vida!

Mudanças na alimentação

Aqui estão algumas dicas que podem ajudar!

  • Evite alimentos que causam alergias

Se você sabe quais alimentos causam alergia, evite-os completamente.

Leia os rótulos dos produtos alimentícios com cuidado para garantir que não tenha ingredientes que possam causar alergia.

  • Adote uma dieta equilibrada

Para garantir que seu corpo esteja recebendo todos os nutrientes necessários, siga uma dieta equilibrada com uma variedade de alimentos saudáveis. Isso ajudará a fortalecer seu sistema imunológico e reduzir a probabilidade de reações alérgicas.

  • Escolha alimentos frescos e orgânicos e evite os transgênicos

Os alimentos frescos são menos propensos a conter ingredientes que causam alergia. Escolha alimentos frescos sempre que possível, como frutas, legumes e carnes frescas.

Para identificar se o produto alimentício como tofu, missô, leites vegetais, farinhas e outros, no Japão, não contém ingrediente transgênico, confira no rótulo a frase 非遺伝子組み換え食品 (lê-se hi idenshi kumikae shokuhin). Significa produto alimentício com ingrediente principal não modificado geneticamente ou, resumindo, não transgênico.

  • Cozinhe em casa

Quando você cozinha em casa, tem mais controle sobre os ingredientes que está usando. Isso pode ajudar a evitar os que possam causar alergia.

  • Tente substitutos alimentares

Se você tem alergia alimentar, pode ser necessário procurar substitutos.

Existem muitos substitutos alimentares disponíveis no mercado hoje em dia, como leite de soja não transgênico, queijo sem lactose, pão sem glúten, farinha sem glúten, entre outros.

  • Consulte um nutricionista

Um nutricionista pode ajudá-lo a desenvolver um plano alimentar saudável e equilibrado que leve em consideração sua alergia alimentar.

É importante entender que a alergia alimentar não é o mesmo que a intolerância alimentar, apesar de provocar sintomas parecidos. A intolerância alimentar ocorre por falta de enzimas digestivas e explicarei melhor em outro momento.

Caso tenha interesse veja as matérias sobre obesidade infantil, e outra sobre alimentação para transtorno fúngico.

Nutricionista Silvia Tsutsumi (toque para conectar no Facebook) (toque para conectar no Instagram)

Para quem busca orientações sobre nutrição e planos de dietas alimentares personalizados, entre em contato com a Silvia. Faça uma consulta e tenha suporte de uma profissional qualificada.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!