Calçados que acompanham o crescimento dos pés em 3 medidas

Dois empreendedores desenvolveram calçados que crescem junto com os pés, em 3 medidas, com conforto!

Cores diferentes dos calçados que “desabrocham” de acordo com o crescimento dos pés (reprodução)

Quem tem filhos sabe o quanto se gasta com calçados dos os filhos, desde a tenra idade até a adolescência.

Publicidade

“Entre zero e três anos de idade, o tamanho dos pés das crianças muda a cada três meses, e é necessário de cerca de 15 tamanhos entre zero e 9, antes de atingir o tamanho final do pé aos 13 anos. Descobrimos o problema de que, enquanto os pés crescem, os sapatos não”, disse um dos empreendedores.

Segundo ele, as crianças não usam os calçados adequados até os 10 anos. Isso faz sentido: ora são apertados, ora são maiores do que seus pés. E isso pode causar problemas no desenvolvimento dos pés das crianças.

Felizmente, dois empreendedores indianos de Pune projetaram uma linha de calçados que se “desabrocha” lentamente à medida que a criança cresce, resolvendo intuitivamente o problema e reduzindo o desperdício de fabricação desnecessário.

Chamados de Aretto, os sapatos foram desenhados por Satyajit Mittal e seu amigo de infância Krutika Lal. Suas partes superiores de malha inovadoras são projetadas com todas as qualidades que um pai ou mãe gostaria que os sapatos de seus filhos tivessem – durabilidade, flexibilidade e lavabilidade.

Os calçados revolucionários que “crescem” em até 3 tamanhos acima, estão dando o que falar na mídia e nas redes sociais.

Infelizmente, ainda não chegaram no Japão. Porém, com o mundo globalizado, é possível que sejam importados logo.

Em todo caso, assista ao vídeo da fabricante Aretto, e comemore essa brilhante ideia.

Fonte: divulgação, The Better India e Good News Network

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

De novo, anfíbio na salada, em outro local

Publicado em 24 de maio de 2023, em Sociedade

O que se soube é que esse anfíbio é uma perereca, do tipo que pode ser encontrada em todo o arquipélago japonês.

Foto do anfíbio vilão, uma perereca japonesa (BSS)

Em 18 deste mês, a imprensa deu a notícia de um sapo na salada que uma cliente comprou no supermercado, na província de Nagano, no dia 11.

Publicidade

Desta vez, um outro foi encontrado na salada picante (tan-tan) de udon oferecida na loja Isahaya da rede Marugame Seimen, na província de Nagasaki, em 21 deste mês.

Segundo a informação da rede, a salada contém vegetais crus, onde o suposto sapo estaria misturado, por isso, esse prato foi suspenso até quinta-feira (25).

A Marugame Seimen procurou orientação do centro de saúde pública, o qual determinou que o anfíbio entrou na fábrica parceira, de processamento de vegetais. Por isso, foram realizadas inspeções no local.

No caso de Nagano, identificou-se que o anfíbio era o Dryophytes japonicus, ou chamado popularmente de perereca japonesa, o qual mede entre 2 e 4,5 centímetros e é extremamente resistente ao frio mais rigoroso.

De acordo com Yasushi Kawakami, curador do Tottori Prefectural Museum, conhecedor dos anfíbios, as pererecas japonesas estão começando a entrar na estação reprodutiva mais ativa do ano, do final de maio a junho.

“No caso desses anfíbios – sapos, pererecas e rãs – este é o momento em que eles procuram ativamente lugares para depositar seus ovos, sempre perto da água, pois seus filhotes crescem nesse ambiente”, explicou.

É preciso tomar cuidado na hora de lavar os vegetais que irão para a salada.

Fonte: BSS

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!