Polícia estende período de recompensa por informações de assassinato de estudante em 1996

Publicado em 10 de setembro de 2021, em Sociedade

Uma estudante da Universidade Sophia, em Tóquio, foi amarrada e esfaqueada até a morte dentro de sua casa que então foi incendiada.

O crime ocorreu em 1996 e até hoje a polícia não conseguiu encontrar nenhum suspeito (Japan Today)

A Agência Nacional de Polícia – ANP estendeu o período de recompensa em 1 ano por informação que pode ajudar a solucionar o assassinato de 1996 de uma estudante de 21 anos.

Publicidade

Junko Kobayashi, uma estudante da Universidade de Sophia, foi amarrada e esfaqueada até a morte dentro de sua casa que então foi incendiada, no distrito de Katsushita (Tóquio) em 9 de setembro de 1996.

A polícia questionou mais de 75 mil pessoas e seguiu mais de 100 pistas, mas ainda não identificou nenhum suspeito ou suspeitos.

Acredita-se que o assassinato tenha ocorrido por volta das 15h50. Nesse horário, um homem usando uma capa ocre foi visto no lado de fora da casa de Kobayashi sob a precipitação, sem guarda-chuva, olhando para o segundo andar.

Além disso, vestígio de sangue do tipo A foi encontrado em DNA na cena do crime, o qual a polícia acredita ser de ferimento na mão ou braço sofrido pelo assassino.

A polícia ofereceu uma recompensa de ¥3 milhões por informação que leve à prisão. A família da vítima também ofereceu mais ¥5 milhões.

Qualquer um que tenha informação é solicitado a entrar em contato com a polícia de Kameari pelo telefone 03-3607-9051.

Fonte: Japan Today

Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken