A felicidade: uma busca constante

A busca pela felicidade é uma jornada sem fim, mas vale a pena.

Imagem ilustrativa (PM)

A busca pela felicidade e a necessidade de se sentir satisfeito é quase uma unanimidade entre nós seres humanos.

Publicidade

A felicidade é um estado de quem é feliz, provoca sensação de bem-estar e contentamento, que para cada pessoa é único, intransferível e pessoal. Cada um se sente feliz à sua maneira, seja com o trabalho, a compra da casa própria, o casamento ou separação, nascimento de um filho, uma viagem, apenas estar em casa, uma formação, sair com os amigos, passear no shopping, etc. Mas será que isso basta?

Na Grécia antiga, a felicidade já fazia parte das reflexões filosóficas. Aristóteles, um dos maiores filósofos da época, acreditava que a felicidade tinha relação com um estado de equilíbrio, possivelmente alcançado através da busca pela virtude e do desenvolvimento das habilidades e talentos individuais. Para ele não se tratava de algo passageiro, mas de um estado permanente que dependia das escolhas e da forma de viver adotada.

Porém, na visão psicanalítica de Sigmund Freud, o tema é de muita complexidade, sendo a felicidade um estado não permanente e sim algo alcançado de forma passageira.

Para ele, esse estado de sentimento estava vinculado à satisfação dos nossos instintos e desejos, mas essa satisfação nunca duraria para sempre. Freud acreditava que a busca constante pela felicidade muitas vezes pode ter como obstáculos questões inconscientes e alguns traumas da ordem emocional.

As pessoas muitas vezes depositam a responsabilidade da sua felicidade nas mãos de outras ou na conquista de algum objeto ou bem material e isso pode resultar em decepções e possíveis frustrações.

Somos seres desejantes e esse desejo muda a todo tempo, logo, sempre estaremos buscando por algo que nos realize e nos faça feliz.

A psicanálise e a filosofia compartilham a ideia de que a verdadeira busca pela felicidade deve ser interna, alcançada através do exercício do autoconhecimento e da busca pela realização pessoal. Uma vez adquirindo essas competências, ficamos mais fortalecidos e desresponsabilizamos o outro da tarefa de nos fazer feliz.

Embora haja na contemporaneidade uma obsessão pela felicidade, é preciso considerar a complexidade do tema, entender que não existe uma constante, somos seres mutáveis e dotados de outros sentimentos. Podemos sim viver a felicidade, mas dentro daquilo que é realidade e possivelmente alcançável.

A felicidade é um problema individual. Aqui nenhum conselho é válido. Cada um deve procurar, por si, tornar-se feliz.

Sigmund Freud

Boas reflexões

Eliana Nonaka (toque para conectar no Facebook) ou (toque para conectar no Whatsapp).

Se deseja conversar, desabafar ou busca orientações, entre em contato com a autora e solicite atendimento online. É mais prático e eficaz do que se imagina. Link no card abaixo.

Leia também: Relacionamento abusivo não é amor, é dor que deixa marcas

WhatsApp - Facebook

Se deseja conversar, desabafar ou busca orientações, entre em contato com a autora e solicite atendimento online. É mais prático e eficaz do que se imagina. Link no card abaixo.

Os textos publicados nesta página não refletem necessariamente a opinião do Portal Mie, são de criação e responsabilidade do autor Eliana A. C. I. Nonaka

Eliana A. C. I. Nonaka (CRP 06/170575) – Psicóloga formada pela Faculdade FMU Faculdades Metropolitanas Unidas.
Morou no Japão por 14 anos, hoje é atuante no Brasil, inclusive atendendo brasileiros de diversos países de forma online.

Informações pelo WhatsApp: +55-11-96437-6590 (clique para abrir o Whatsapp)

Facebook Messenger: https://www.facebook.com/eliana.correia.104

Instagram: @seusaudavel_psico

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Férias e feriados: não jogue fora meses de dieta

Publicado em 5 de agosto de 2023, em Nutricionista Silvia Tsutsumi

Dicas nutricionais para aproveitar as férias sem sabotar a dieta e manter o equilíbrio

Imagem ilustrativa

O descanso merecido para o corpo através das folgas nas férias e feriados! Com cuidado e atenção esse descanso não será o nosso sabotador da alimentação saudável que buscamos por tanto tempo.

Publicidade

Abrir exceções na dieta durante os dias de folga pode pesar não só na consciência, como também na balança. Por isso é preciso tomar algumas precauções para amenizar os efeitos dos excessos. Confira essas dicas nutricionais e consiga ter o controle da sua alimentação também nas suas férias.

  • Faça uma rotina regrada nas semanas que antecedem o feriado: quando o feriado estiver se aproximando, pegue leve na alimentação e foque em treino com regularidade (pelo menos 4x/semana). Restrinja sua alimentação de preparos gordurosos, açúcares refinados e arroz e macarrão em excesso. Alimentos industrializados e refinados devem ser evitados e uma troca inteligente é os produtos integrais. Essas simples medidas reprogramam o organismo, o preparando para fazer boas escolhas alimentares no feriado;
  • Consuma diariamente frutas e legumes: mantenha fixo na sua alimentação de férias a presença de frutas no café da manhã e lanches da manhã e tarde. Os legumes e vegetais presentes em pelo menos em 20% do prato do almoço e jantar. Esse equilíbrio lhe trará grandes benefícios;
  • Quando o feriado chegar é hora de aproveitar com total equilíbrio e bom senso. Aproveite para escolher alimentos frescos, da cultura alimentar local tradicional, evitar os fast foods e uma ótima alternativa para comer com prazer no feriado e não sentir os prejuízos no corpo, é diminuir o consumo de alimentos com alto teor calórico em 20%.
  • Aproveite para dividir as guloseimas com sua companhia: essa é uma ótima estratégia para você aproveitar aquela comida preferida, mas sem comer em sua totalidade. Caso você esteja aproveitando sozinha a folga, consuma pela metade e guarde a outra para consumir em outro momento do dia; o fracionamento alimentar, principalmente com altas calorias, lhe ajudará a evitar o risco de armazenagem de gordura abdominal;
  • Não fique sem comer: em muitos casos a alteração na rotina não faz apenas com que as pessoas comam demais, mas também contribui para que elas se esqueçam de se alimentar. Quantas vezes você nem viu o tempo passar quando estava na praia ou na piscina? Ficar em jejum por muito tempo pode ser prejudicial para a manutenção do peso. Além de deixar o metabolismo preguiçoso, faz com que você exagere na quantidade de cada refeição;
  • Hidrate-se: o mais normal nos feriados, é que as pessoas deixem a água de lado e passem alguns dias bebendo sucos, vinhos, refrigerantes, champanhes e cervejas. Não há nenhum problema em beber com responsabilidade e moderação, mas nenhum líquido substitui a água. Os benefícios dela para o funcionamento do organismo e para a beleza do corpo e da pele são incomparáveis!
  • Coma pausadamente e mastigue bastante: além de facilitar a digestão, há uma maior saciedade alimentar.
  • Continue se exercitando durante o feriado: se você estiver longe de casa ou a academia estiver fechada, faça uma caminhada curta, nade, jogue futebol. Essas atividades podem ser super prazerosas e ajudam a manter o corpo em forma.

E se mesmo assim você não resistir?

Não se desespere se você acabar passando da conta. Assim que a rotina voltar ao normal, corra atrás do prejuízo. Se ao invés de manter o peso, você tiver adquirido alguns quilos, invista em uma dieta antioxidante e anti-inflamatória, com muitas frutas, legumes, verduras, grelhados e água. Não é preciso radicalizar e o ideal é fazer a dieta por dois ou três dias. Depois é só continuar com hábitos alimentares saudáveis. Na academia, retome a rotina de exercícios. No mais, é vida que segue! Quanto mais você investir numa alimentação adequada e treinos regulares, menos dificuldade você terá para resistir às tentações dos próximos feriados.

Ao longo das férias e feriados, seguir uma alimentação equilibrada pode ser desafiador. Por isso, contar com o acompanhamento nutricional é fundamental para aprender a fazer escolhas saudáveis, adaptar a dieta aos momentos de descanso e evitar prejuízos ao corpo e à saúde. O apoio de um nutricionista ajuda a desenvolver hábitos alimentares sustentáveis, permitindo que você desfrute das folgas sem abrir mão dos seus objetivos de saúde e bem-estar.

Nutricionista Silvia Tsutsumi –  WhatsAppInstagram

Veja também: Vai acampar? Planeje com alimentos saudáveis e gostosos!

Para quem busca orientações sobre nutrição e planos de dietas alimentares personalizados, entre em contato com a Silvia. Faça uma consulta e tenha suporte de uma profissional qualificada. Há planos específicos para quem mora no Japão.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!