Brasileiro de Shizuoka é algemado por agressão à esposa

O brasileiro levado pelos policiais teria tentado enforcar a esposa em Toyokawa. Ele já tinha ficha na polícia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Polícia de Toyohashi leva o brasileiro de Kosai para responder pela agressão à mulher (imagem ilustrativa)

A Polícia da Cidade de Toyohashi (Aichi) anunciou a prisão de um brasileiro sob suspeita de agressão à esposa, na quinta-feira (31).

Publicidade

Ele foi identificado como Elvis José da Cunha, 35 anos, desempregado e residente em Kosai (Shizuoka).

De acordo com a informação da polícia, na quarta-feira (30), por volta das 16h30, ele e a esposa tiveram uma discussão.

O motivo foi  a educação da criança, no apartamento dela. A esposa de 28 anos, reside em Toyokawa (Aichi). Nessa ocasião ele usou de agressão física. Teria tentado estrangular a mulher usando as duas mãos.

Ficha na polícia

Em 4 de abril deste ano o mesmo brasileiro foi preso. Na ocasião tinha 34 anos, era empregado através de empreiteira, residia em Toyohashi (Aichi).

Por volta das 6h05 dessa data ele agrediu um colega de 52 anos no apartamento. Segundo a polícia, além de bater no homem, fez cortes usando uma faca.

Fonte: Tonichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ato de comissárias de bordo com passageiro que transportava cinzas da esposa emociona o público

Publicado em 2 de setembro de 2017, em Comportamento

Veja esta emocionante história do marido que levava as cinzas de sua esposa para sua terra natal no Japão e a atitude das comissárias.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O esforço de equipe veio de uma maneira que tocou o coração do público (imagem ilustrativa)

No Japão, a maioria dos corpos daqueles que se foram são cremados, contudo, uma vez que um corpo passa por esse processo, ainda não está acabado. As cinzas precisam ser transportadas para seus locais de descanso, seja ele uma casa ou túmulo.

Publicidade

Para alguns, o transporte das cinzas pode ser uma jornada bem difícil. Um usuário japonês do Twitter, o KMD, postou recentemente um pequeno artigo sobre uma viagem do tipo que um amigo do seu pai realizou após a morte da esposa, mexendo com os sentimentos do público na internet.

Abaixo o tweet original:

Esse é um artigo que meu pai escreveu sobre o amigo dele, mas é uma história interessante que eu gostaria que vocês lessem:

O artigo conta que o homem estava transportando as cinzas de sua esposa, de onde eles viviam em Yokohama (Kanagawa) para sua terra natal, na província de Saga, na ilha de Kyushu. Os dois tinham uma vida juntos há mais de meio século.

Ele viajou de avião para chegar a Saga e trouxe as cinzas de sua esposa guardadas em uma bolsa grande. Como a bolsa tinha um tamanho considerável, ele perguntou no balcão de check-in se não tinha problema.

Tudo parecia bem, então, ao entrar no avião ele colocou a bolsa no compartimento superior e se sentou. Mas, depois, uma comissária de bordo veio até ele e disse “o assento ao seu lado está vazio. Seu (sua) companheiro (a) de viagem gostaria de se sentar?

A pergunta simples que ele havia feito durante o check-in se transformou em algo maior. A comissária de bordo tirou a bolsa do compartimento, colocou-a no assento ao lado do homem e envolveu o cinto de segurança. Até refeições leves foram trazidas para a sua companheira de viagem durante o voo.

“Nós pudemos ter uma viagem final juntos, somente nós dois”, disse o homem.

Essa foi uma bela maneira de ajudar o homem a encontrar felicidade durante o que poderia ser um momento muito difícil. É de impressionar que a empresa aérea estava disposta não somente a ir além de providenciar um assento (considerando todas as precauções de segurança que eles precisaram tomar), mas também que o balcão do check-in foi capaz de transmitir a mensagem às comissárias de bordo. Foi um esforço de equipe que veio dessa maneira emocionante.

Alguns comentários dos internautas no Japão:

“Eles deram a ele uma viagem que ele nunca esquecerá”.

“Isso me fez chorar”.

“Isso me fez chorar também, mas não lágrimas de tristeza, mas lágrimas de felicidade”.

“Eu acho que eles só fizeram isso porque tinham espaço extra, mas o fato de eles realmente terem feito isso é incrível”.

Fonte: Rocket News
Imagem: Bank Image

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância