Novo radar será instalado no norte do Japão para detectar mísseis da Coreia do Norte

O Japão está se preparando para instalar um novo e poderoso sistema de radar para combater ameaças de mísseis da Coreia do Norte.

Míssil Hwasong-14 (Imagem: Reuters/KCNA)

De acordo com a reportagem da NHK, o Japão está se preparando para instalar um poderoso e novo sistema de radar para combater ameaças de mísseis da Coreia do Norte.

Publicidade

Uma cerimônia foi realizada nesta quarta-feira (20) em uma base da Força Aérea de Autodefesa do Japão (FAAJ) em Wakkanai (Hokkaido), para finalizar a operação do atual sistema de radar. O antigo sistema foi instalado em 1987.

Funcionários do Ministério da Defesa disseram que ele foi usado para detectar aeronaves que voam no espaço aéreo do país e nos seus arredores.

Uma cerimônia foi realizada nesta quarta-feira (20) em uma base da Força Aérea de Autodefesa para finalizar a operação do atual sistema de radar (NHK)

Segundo o ministério, o novo sistema de radar FPS7, que será instalado até o ano 2022, também terá capacidade para detectar e rastrear mísseis balísticos.

A FAAJ planeja usar um radar móvel até o novo sistema se tornar operacional.

Mísseis balísticos norte-coreanos sobrevoaram o sul de Hokkaido em agosto e neste mês. O ministério diz que o novo sistema ajudará a aumentar suas capacidades de monitoramento na região.

Fonte: NHK
Imagens: NHK, KCNA

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Terremoto de magnitude 7,1 no México: sobe o número de mortos da tragédia

Publicado em 20 de setembro de 2017, em Notícias do Mundo

Exatos 32 anos depois do terremoto que matou 10 mil pessoas, mais um em 8 deste mês e o México sofre novamente. 224 pessoas perderam a vida até o momento.

Trabalho de resgate nos escombros, no México (Al Jazeera)

Em 8 deste mês o país registrou um abalo sísmico de magnitude 8,1 que matou 90 pessoas. O país, ainda chorando por essas vítimas, teve um grande terremoto novamente.

Publicidade

O sismo de magnitude 7,1, às 13h14 de 19 ou pouco depois das 3h desta quarta-feira (horário de Tóquio), ocorreu exatamente no mesmo dia de 1985. Naquela ocorrência, 32 anos atrás, foram levadas 10 mil vidas, mais 30 mil se feriram e milhares ficaram sem casas.

O terremoto de profundidade de 51Km, segundo o USGS, desta quarta-feira atingiu o sul do país, em Atencingo, no estado de Puebla. Mais 16 cidades ao redor, incluindo a capital, foram atingidas.

O presidente Enrique Peña Nieto ativou o plano de emergência do país. O “PlanMX” permite que as autoridades acelerem a resposta de emergência em situações de alta gravidade. Vários edifícios colapsaram na cidade do México.

O número de vítimas fatais e pessoas com lesões sobe a cada hora. Os próprios civis estão auxiliando as equipes de socorro para o resgate das vítimas sob os escombros.

Noticiários locais informam que corpos de 22 crianças foram retirados de uma escola que desabou. O trabalho de resgate continua no local, pois outras 38 ainda estão desaparecidas.

Segundo a imprensa, o número de mortos subiu para 224 (até 14h50 desta quarta-feira). O balanço das pessoas encontradas mortas e outras com lesões está sendo atualizado a todo momento pelas autoridades mexicanas.

Confira como o terremoto balançou o metrô da cidade do México, além de vídeos do colapso de um prédio, do resgate de um cão e imagens da tragédia.

https://twitter.com/TrumpEra_2017/status/910325776226160641

Fontes: Twitter, PlanMX e DN
Fotos e vídeos: Twitter, PlanMX e Al Jazeera

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - promoção Torcida BB!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!