Primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS em avanço ‘histórico’

A recomendação feita pela OMS está sendo vista como momento crucial no combate à doença que mata 260 mil crianças por ano.

Ilustrativa (banco de imagens)

Crianças em toda a África devem receber vacina contra malária pela primeira vez, graças a uma farmacêutica britânica.

Publicidade

A recomendação feita pela Organização Mundial da Saúde – OMS está sendo vista como momento crucial no combate à doença que mata 260 mil crianças por ano.

É provável que crianças com menos de 5 anos sejam gravemente afetadas ou morram em decorrência da malária, a qual é propagada através de parasitas transmitidos às pessoas por picadas de mosquitos infectados.

A RTS,S – ou Mosquirix – desenvolvida pela farmacêutica britânica GlaxoSmithKline (GSK) – tem sido administrada a crianças em Gana, Quênia e Malawi em um programa piloto de larga escala desde 2019.

A OMS agora disse que ela deveria ser mais amplamente administrada a crianças que vivem em partes da África subsariana onde há níveis moderados a altos de transmissão por malária.

O órgão de saúde global disse que a decisão “muda o curso da história de saúde pública”.

“A recomendação de hoje oferece um vislumbre de esperança para o continente, o qual suporta a carga mais pesada da doença. E esperamos que mais crianças africanas sejam protegidas da malária e cresçam adultos saudáveis”, disse Matshidiso Moeti, diretor da OMS África.

A Mosquirix foi desenvolvida pela GSK em 1987. Ela é a única vacina a ser autorizada, mas ela é somente 30% eficaz, exige até 4 doses e sua proteção diminui após vários meses.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que “esse é um momento histórico. A vacina contra malária há muito tempo esperada para crianças é um avanço para a ciência, saúde infantil e controle da doença”.

Fonte: Metro UK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ciclone tropical deverá se transformar no 17.º tufão

Publicado em 7 de outubro de 2021, em Sociedade

Além do ciclone tropical prestes a se transformar em tufão tem um outro fenômeno que deverá se desenvolver na próxima semana.

Ciclone tropical em sentido à China (AMJ)

A AMJ-Agência de Meteorologia do Japão informou, na quinta-feira (7), que um ciclone tropical, sobre o Mar da China Meridional, se transformará no 17.º tufão do ano, até sexta-feira.

Publicidade

Será o primeiro tufão de outubro, depois de 10 dias do último.

É mais provável que vá para o norte no Mar da China Meridional e depois para o oeste. Não há expectativa de que isso afete o Japão.

O número de tufões do mês passado foi de 4, um pouco menos que o normal. O número médio de tufões em outubro é de 3,4, menos do que em agosto e setembro. 

Há uma outra perturbação atmosférica bem ao sul do Japão, a qual deverá se transformar em ciclone tropical pois está sobre uma região onde há água com temperatura mais elevada. Poderá ocorrer na metade da próxima semana.

Outro fenômeno que poderá se desenvolver para ciclone tropical (Tenki)

Fontes: AMJ, Tenki e Weather News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros