Estrangeiros ilegais no Japão em 2021 e deportados

A maioria foi flagrada na região Kanto, talvez pelas oportunidades de arrumar trabalho clandestino.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de uma pessoa que não pode se expor (PxHere)

Segundo informações do MOJ-Ministério da Justiça do Japão, o número de estrangeiros em situação ilegal encontrados no ano 2021 foi 19% a menos do que 2020, com total de 66.759 pessoas, sendo 39.116 do sexo masculino e 27.643 do feminino.

Publicidade

A maioria (43.266) é composta de pessoas que vieram ao Japão com visto de curta duração e não renovou e uma outra parcela representativa é de estagiários técnicos que permaneceram após o vencimento do visto. Apenas 2,3 mil são estrangeiros que tinham visto de cônjuge japonês.

Os oriundos dos países asiáticos são maioria:

  1. Coreia do Sul, 11.631
  2. Tailândia, 7.783
  3. China, 7.716
  4. Vietnã, 7.148
  5. Filipinas, 5.148
  6. Indonésia, 3.450
  7. Taiwan, 3.319
  8. Malásia, 1.693
  9. Sri Lanka, 1.316
  10. Nepal, 977

De outros países a soma é 16.578. 

Brasileiros entre o que receberam ordem de deportação

No ano anterior, 18.012 estrangeiros de 93 países receberam ordem de deportação, sendo que 4.365 fizeram os procedimentos para deixarem o Japão. A maioria desses com ordem de deportação é de empregados ilegais. Na região Kanto foram encontrados 71% dos trabalhadores ilegais, sendo que na área de Chubu foi de 14%.

E entre esses com ordem de deportação havia 216 brasileiros, sendo 177 do sexo masculino. Os que efetivamente foram deportados são apenas uma parte desse número, de 48 pessoas, sendo 45 do sexo masculino.

Grave problema dos trabalhadores ilegais

Por serem considerados ilegais, as empresas exploram em relação ao pagamento do salário, bem abaixo da média ou do mínimo estabelecido por lei.

A maioria dos ilegais – 6.476 pessoas – ganhava entre 5 a 7 mil ienes diários, enquanto 2.939 trabalhadores ganhavam de 3 a 5 mil ienes por dia.

Fonte: MOJ

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Presidente da Ucrânia discursará no Conselho de Segurança da ONU sobre a guerra

Publicado em 5 de abril de 2022, em Notícias do Mundo

Volodymyr Zelensky discursa no Conselho de Segurança das Nações Unidas pela primeira vez.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Zelensky discursa no conselho de segurança nesta terça-feira, 5 de abril (NHK)

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky discursará virtualmente no Conselho de Segurança das Nações Unidas pela primeira vez nesta terça-feira (5) em uma reunião que certamente focará no que parece ser deliberados massacres disseminados de civis por tropas russas.

Publicidade

Os mortos foram descobertos após a retirada de forças russas de uma cidade nos arredores da capital, Kiev, e isso espalhou indignação global e negações veementes do governo russo de que ele era responsável.

O Reino Unido, que sedia a presidência do conselho neste mês, anunciou no fim de segunda-feira (4) que Zelensky falaria na reunião aberta convocada para terça-feira a fim de discutir a situação na Ucrânia.

Vídeos e fotos de ruas na cidade de Bucha com corpos espalhados do que pareciam ser civis, alguns com as mãos amarradas para trás, levaram à indignação global, pedidos para sanções mais rigorosas sobre a Rússia e sua suspensão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas.

De acordo com a procuradora-geral da Ucrânia, Iryna Venediktova, os corpos de 410 civis foram removidos de Bucha e de outros locais na área de Kiev que foram recentemente retomados das tropas russas.

Fonte: Asahi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência