Líder da máfia japonesa é preso nos EUA

A investigação dos EUA sobre as conexões de Takeshi Ebisawa a narcóticos e tráfico de armas estava acontecendo desde 2019.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Autoridades nos EUA prenderam o líder de um sindicato do crime japonês sob acusações de conspirar para distribuir drogas nos EUA e comprar armas, incluindo mísseis superfície-ar produzidos no país, disseram procuradores na quinta-feira (7).

Publicidade

Procuradores federais em Manhattan disseram que Takeshi Ebisawa, de 57 anos, o qual eles descreveram com um líder da máfia japonesa, a yakuza, e um co-conspirador concordaram em comprar os mísseis para grupos rebeldes em Myanmar durante conversas com um agente disfarçado da Drug Enforcement Administration –DEA.

As armas eram destinadas a proteger os envios de drogas, de acordo com uma queixa criminal revelada na quinta-feira (7).

Ebisawa planejava distribuir heroína e metanfetamina nos EUA, disseram procuradores.

“As drogas eram destinadas às ruas de Nova Iorque, e os envios de armas para facções em nações instáveis. Membros desse sindicato do crime internacional não podem mais colocar vidas em perigo e enfrentarão justiça pelas suas ações ilícitas”, disse o procurador dos EUA Damian Williams em um comunicado de imprensa.

Ebisawa e 3 co-conspiradores foram presos em Manhattan nesta semana. Os 4 homens enfrentam um máximo de prisão perpétua por acusações relacionadas a armamento internacional e tráfico de narcóticos.

A investigação do DEA sobre as conexões de Ebisawa a narcóticos e tráfico de armas estava acontecendo desde 2019 e abrangeu o globo.

Escritórios da DEA em 6 países e 3 continentes estavam envolvidos, assim como autoridades da lei no Japão, Tailândia e Indonésia.

Fonte: Straits Times, Asia Nikkei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Caminhão acidentado parou na vertical, em Aichi

Publicado em 8 de abril de 2022, em Acidentes

Com o choque e no estado vertical, houve vazamento de óleo no local. Nenhum outro veículo foi envolvido nesse acidente.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cena do local do acidente do caminhão (CBC TV)

Segundo o Corpo de Bombeiros, por volta das 16h20 de quinta-feira (7), uma pessoa da vizinhança ligou para o 119 informando que um caminhão cometeu acidente e parou na vertical. 

Publicidade

Ele estava parado próximo ao cruzamento de uma rodovia em Mitsuya-cho, cidade de Toyohashi (Aichi). Segundo a polícia, ninguém se feriu nesse acidente.

No local os bombeiros observaram que havia vazamento de óleo do caminhão, por isso, fizeram os procedimentos necessários antes de removê-lo. 

De acordo com os bombeiros e a polícia, o caminhão é do tipo chamado de unic (ユニック車) no Japão, o qual tem um guindaste incorporado nele. Acontece que o motorista o conduzia com o braço do guindaste levantado, causando o choque com a passarela de pedestres. 

O local fica a cerca de 3km a leste da estação JR Futagawa.

Vista de outro ângulo (Nagoya TV)

Fontes: Nagoya TV e CBC TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência