Festival em uma das maiores plantações de lavandas do Japão

O festival voltou depois de 2 anos sem realizá-lo por causa da epidemia do coronavírus. Vale a pena dar um pulinho e fazer um passeio perfumado e relaxante!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Local do festival da lavanda (HP)

A cidade de Ranzan, localizada no centro da província de Saitama, de fácil acesso para quem mora em Tóquio, Gunma, Tochigi e Ibaraki, está com o festival das lavandas no Sennen no Sono Lavender Field. 

Publicidade

A área é gigantesca, de quase 7 mil hectares, equivalente a 1,4 vez maior que o Tokyo Dome. Quando bate o vento, as flores delicadas das lavandas se movem em ondas, exalando o seu delicado perfume. 

São 22 mil pés de 15 variedades diferentes, incluindo as mais resistentes ao frio e ao calor, para serem apreciadas. Dependendo da área se pode colher para levá-las para casa, a fim de fazer um ramalhete de flores secas.

Flores da lavanda vistas de perto (Saitama TV)

No local há vários horários para oficinas de criação de produtos usando essas flores.

Quando terminar o festival, as lavandas colhidas serão transformadas em óleo essencial para ser usado em creme para as mãos.

Benefícios da lavanda

Essa flor é usada para fins terapêuticos, relaxante, antisséptico, bactericida e cicatrizante. Pode ser usado seu óleo essencial como também as flores para um chá ou usar como erva nas receitas doces e salgada.

Ranzan Lavender Matsuri

らんざんラベンダーまつり 

Close da lavanda (Saitama TV)

Fontes: divulgação e Saitama TV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Arsenal nuclear global deve aumentar pela 1ª vez desde a Guerra Fria

Publicado em 14 de junho de 2022, em Notícias do Mundo

A invasão da Ucrânia pela Rússia e o suporte do Ocidente para Kiev aumentaram as tensões.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

O arsenal nuclear global deve aumentar nos próximos anos pela primeira vez desde a Guerra Fria, enquanto o risco de tais armas sendo usado é o maior em décadas, disse na segunda-feira (13) uma organização líder sobre conflitos e armamentos.

Publicidade

A invasão da Ucrânia pela Rússia e o suporte do Ocidente para Kiev aumentaram as tensões entre os nove estados nucleares do mundo, disse o Instituto Internacional de Pesquisa para a Paz de Estocolmo (SIPRI) em um novo conjunto de pesquisas.

“Todos os estados nucleares estão aumentando ou atualizando seus arsenais e a maioria está afiando sua retórica nuclear e o papel que armas nucleares representam em suas estratégias militares”, disse Wilfred Wan, diretor do Programa de Armas de Destruição em Massa do SIPRI no anuário 2022 da organização.

“Isso é uma tendência preocupante”.

A Rússia tem o maior arsenal nuclear do mundo, com um total de 5.977 ogivas, cerca de 550 a mais do que os EUA.

Os dois países possuem mais de 90% das ogivas nucleares do mundo, embora o SIPRI tenha dito que a China estava em meio a uma expansão com uma estimativa de mais de 300 novos silos de mísseis.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância