Hamamatsu e outras cidades surpreendidas com granizo

A instabilidade atmosférica foi a causa dos raios e chuva de granizo em diversas cidades do oeste da província de Shizuoka.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Raio na cidade de Hamamatsu (SATV)

Por volta das 15h de quarta-feira (6) a cidade de Kakegawa (Shizuoka) ficou coberta de nuvens de chuva, escurecendo como se fosse o começo da noite.

Publicidade

No mesmo horário, além da chuva nas cidades de Kakegawa e Hamamatsu, também foi confirmado o granizo, o qual assustou os motoristas, mas não há relato de danos nos carros.

O tufão Aere, o quarto do ano, se transformou em ciclone extratropical. O encontro desse fenômeno meteorológico com a área de baixa pressão atmosférica foi a causa da instabilidade, provocando chuva, granizo e raios na região oeste da província de Shizuoka.

Em toda a região Tokai havia sido anunciado o risco de raios nessa tarde.

Essa instabilidade continuou até a noite de quarta-feira.

Granizo na cidade de Kakegawa (SATV)

Fontes: SATV e ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Queda de raio causa perda de produção de até 2 semanas na Renesas

Publicado em 7 de julho de 2022, em Economia

A gigante da produção de semicondutores teve um problema com um raio por causa da passagem do tufão de número 4.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Logotipo da Renesas (NHK)

A Renesas Electronics, grande empresa de semicondutores, informou na quinta-feira (6) que sua planta na cidade de Kumamoto (província homônima) teve a produção temporariamente suspensa devido à queda de um raio, pela passagem do quarto tufão, o Aere.  

Publicidade

Segundo a Renesas Electronics, o dano foi por volta das 5h30 de terça-feira (5), porque o raio caiu sobre uma um cabo de transmissão que envia eletricidade para a planta Kawashiri, o que interrompeu temporariamente a produção.

Nessa planta se produz semicondutores para o controle dos motores e vidros automotivos. Embora a produção já tenha sido retomada, a perda devido ao dano causado pelo raio equivale a no máximo 2 semanas de produção.

A unidade de produção está sendo reiniciada e deve retornar à capacidade de antes do desligamento somente no dia 11.

A Renesas estava promovendo a introdução de um dispositivo de fonte de alimentação em preparação para uma eventual perda de tensão, mas o tempo de queda superou as expectativas. Segundo a informação, cerca de 90% dos equipamentos de produção deixaram de funcionar.  

Fontes: NHK, Nikkei e JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência