Homem sobrevive 16 horas sob veleiro virado no Atlântico

A embarcação de 12 metros de comprimento, que havia partido de Lisboa, em Portugal, enviou um sinal de socorro na noite de segunda-feira (1º).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A embarcação de 12 metros de comprimento, que havia partido de Lisboa, em Portugal (Twitter/@salvamentogob)

Um francês de 62 anos sobreviveu 16 horas no mar em uma bolha de ar sob seu veleiro após ele ter virado.

Publicidade

A embarcação de 12 metros de comprimento, que havia partido de Lisboa, em Portugal, enviou um sinal de socorro na noite de segunda-feira (1º) do Oceano Atlântico.

Membros da Guarda Costeira da Espanha encontraram o veleiro virado, mas o mar estava muito agitado para resgatá-lo, então o homem teve que aguardar até a manhã do dia seguinte.

A sobrevivência do homem foi “à beira do impossível”, disseram mergulhadores da guarda costeira.

Um navio de resgate com 5 mergulhadores, assim como 3 helicópteros, foram enviados para resgatar o homem, cujo nome não foi divulgado.

Um mergulhador foi colocado sobre o casco da embarcação para buscar sinais de vida e o homem respondeu ao bater do lado de dentro.

O mar estava agitado e o sol já havia se posto, então a equipe de resgate anexou balões para que o veleiro parasse de afundar e aguardaram até a manhã do dia seguinte.

No dia seguinte, dois mergulhadores entraram debaixo do veleiro para ajudar o homem a sair. Ele estava usando uma vestimenta de sobrevivência de neoprene e submerso em águas até seus joelhos.

O homem então pulou nas águas congelantes e nadou sob o veleiro até chegar a superfície. Ele foi levado de helicóptero para o hospital.

Em um tuíte, a Sociedade de Resgate e Segurança Marítima da Espanha disse: “Cada vida salva é nossa maior recompensa”.

Fonte: BBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Empresa de pesquisa divulga ranking de felicidade no Japão

Publicado em 4 de agosto de 2022, em Sociedade

Okinawa ficou no topo do ranking de felicidade pelo segundo ano consecutivo de acordo com a Pesquisa de Sustentabilidade Regional 2022 do Brand Research Institute.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ishigaki, uma das ilhas de Okinawa (banco de imagens)

Uma pesquisa sobre sustentabilidade regional conduzida pelo Brand Research Institute descobriu que Okinawa ficou na primeira posição, pelo segundo ano seguido, em nível de felicidade entre seus residentes.

Publicidade

A província de Okinawa ficou no topo do ranking de felicidade pelo segundo ano consecutivo de acordo com a Pesquisa de Sustentabilidade Regional 2022 do Brand Research Institute, a qual visa promover sustentabilidade regional entre residentes das 47 províncias do Japão.

A pesquisa foi conduzida no fim de maio, visando pessoas com idade igual ou superior a 15 anos, com cerca de 500 respostas válidas de cada província e um total de 23 mil repostas.

Quando perguntados, “Você está feliz?”, 41,8% dos residentes de Okinawa disseram que estavam “muito felizes” e 36,2% “de alguma forma feliz”. Em contraste com o total combinado de cerca de 80% de residentes contentes, houve relativamente poucas respostas negativas, com apenas 2,6% descrevendo a si mesmos como “nada felizes” e 5,3% como “não muito felizes”.

Muitas das províncias nas posições de topo estão no oeste do Japão, incluindo Kagoshima, que ficou em segundo lugar, e Miyazaki em terceiro. Enquanto isso, províncias na área de Tóquio ficaram em último no ranking, incluindo a capital em 46º, Kanagawa em 45º e Chiba em 44º.

A pesquisa também perguntou aos entrevistados sobre satisfação de vida, ligação à localidade e disposição para residir permanentemente.

Okinawa ficou em primeiro nas categorias de felicidade, ligação à localidade e disposição para residir permanentemente e ficou em segundo atrás de Fukuoka em termos de satisfação de vida.

Veja o ranking (as 10 primeiras):

Ranking (Ano Anterior) Província Pontuação (Média de 70.1)
1 (1) Okinawa 77.4
2 (15) Kagoshima 75.4
3 (2) Miyazaki 74.9
4 (31) Shizuoka 74.2
5 (12) Fukuoka 73.9
6 (27) Wakayama 72.7
7 (28) Saga 72.6
8 (14) Nagano 72.2
9 (15) Ishikawa 72.1
10 (11) Mie 71.9
Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência