Relógio de Hitler é vendido em leilão controverso por US$1,1 milhão

O leilão do relógio de Hitler foi condenado por líderes judeus. A casa de leilões, entretanto, disse que a venda era destinada a preservar a história.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O relógio da marca Huber, dos anos 1930, destaca gravuras de uma suástica e as iniciais AH (Alexnader Historical Auctions)

Um relógio, o qual acredita-se ter pertencido ao líder nazista Adolf Hitler, foi vendido por US$1,1 milhão a um arrematante anônimo em um leilão nos EUA.

Publicidade

O relógio da marca Huber, dos anos 1930, destaca gravuras de uma suástica e as iniciais AH.

Leiloado nos EUA pela Alexander Historical Auctions, o relógio foi descrito no site da casa de leilões como “relíquia da 2ª Guerra Mundial de proporções históricas”.

O relógio de pulso reversível de ouro da Andreas Huber provavelmente foi dado a Hitler em 20 de abril de 1933 em seu aniversário de 44 anos, quando ele foi nomeado junto com o ex-chanceler Paul von Hindenburg um cidadão honorário da Baviera.

De acordo com a casa de leilões, o relógio foi levado como souvenir quando cerca de 30 soldados franceses invadiram Berghof, o retiro de montanha de Hitler, em maio de 1945.

Subsequentemente, acredita-se que o relógio tenha sido revendido e passado por várias gerações.

Durante o regime de Hitler na Alemanha nazista entre 1933 e 1945, um número estimado de 11 milhões de pessoas foram mortas, 6 milhões das quais assassinadas porque eram judias.

O leilão do relógio de Hitler foi condenado por líderes judeus, os quais queriam que a venda fosse cancelada.

Em uma carta aberta assinada por 34 líderes judeus, a venda foi descrita como “abominável”.

A casa de leilões, entretanto, disse que a venda era destinada a preservar a história.

Fonte: The Independent

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Homem sobrevive 16 horas sob veleiro virado no Atlântico

Publicado em 4 de agosto de 2022, em Notícias do Mundo

A embarcação de 12 metros de comprimento, que havia partido de Lisboa, em Portugal, enviou um sinal de socorro na noite de segunda-feira (1º).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A embarcação de 12 metros de comprimento, que havia partido de Lisboa, em Portugal (Twitter/@salvamentogob)

Um francês de 62 anos sobreviveu 16 horas no mar em uma bolha de ar sob seu veleiro após ele ter virado.

Publicidade

A embarcação de 12 metros de comprimento, que havia partido de Lisboa, em Portugal, enviou um sinal de socorro na noite de segunda-feira (1º) do Oceano Atlântico.

Membros da Guarda Costeira da Espanha encontraram o veleiro virado, mas o mar estava muito agitado para resgatá-lo, então o homem teve que aguardar até a manhã do dia seguinte.

A sobrevivência do homem foi “à beira do impossível”, disseram mergulhadores da guarda costeira.

Um navio de resgate com 5 mergulhadores, assim como 3 helicópteros, foram enviados para resgatar o homem, cujo nome não foi divulgado.

Um mergulhador foi colocado sobre o casco da embarcação para buscar sinais de vida e o homem respondeu ao bater do lado de dentro.

O mar estava agitado e o sol já havia se posto, então a equipe de resgate anexou balões para que o veleiro parasse de afundar e aguardaram até a manhã do dia seguinte.

No dia seguinte, dois mergulhadores entraram debaixo do veleiro para ajudar o homem a sair. Ele estava usando uma vestimenta de sobrevivência de neoprene e submerso em águas até seus joelhos.

O homem então pulou nas águas congelantes e nadou sob o veleiro até chegar a superfície. Ele foi levado de helicóptero para o hospital.

Em um tuíte, a Sociedade de Resgate e Segurança Marítima da Espanha disse: “Cada vida salva é nossa maior recompensa”.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência