Japão iniciará vacinação contra covid-19 para menores de 5 anos

De acordo co o Ministério da Saúde do Japão, as vacinações não são obrigatórias e a decisão deve ser tomada pelos pais.

A vacina da Pfizer para esse grupo etário foi aprovada pelo ministério no início deste mês (ilustrativa/banco de imagens)

O Japão está determinado a iniciar a vacinação contra covid-19 para crianças entre 6 meses e 4 anos de idade, de acordo com reportagem da NHK divulgada nesta segunda-feira (24).

Publicidade

O Ministério da Saúde iniciará a distribuição de vacinas aos municípios nesta segunda-feira (24). Um distrito em Tóquio, Minato, oferecerá inoculações na terça-feira (25).

A vacina da Pfizer para esse grupo etário foi aprovada pelo ministério no início deste mês. A farmacêutica dos EUA que fabrica o imunizante havia solicitado autorização em julho.

Segundo funcionários do ministério, as crianças pequenas terão que tomar 3 doses, cada uma contendo um décimo daquela administrada a adultos. Eles também dizem que as 2 primeiras doses serão administradas com um intervalo de 3 semanas, e uma terceira com pelo menos 8 semanas após a segunda.

A Pfizer diz que ensaios clínicos foram conduzidos quando a variante ômicron era predominante e foi confirmado que a vacina foi 73.2% eficaz em prevenir infecção 7 dias após a terceira dose.

A farmacêutica também disse que efeitos colaterais incluíram febre de 38ºC ou mais e diminuição do apetite, mas a maioria deles foi de grau leve a moderado.

O ministério expandiu o programa de vacinação para incluir crianças entre 5 e 11 anos em fevereiro deste ano.

As vacinações não são obrigatórias, de acordo com o ministério, e a decisão deve ser tomada pelos pais.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Número de casos de influenza no Japão continua bem abaixo dos níveis antes da pandemia

Publicado em 24 de outubro de 2022, em Sociedade

O Ministério da Saúde do Japão recebeu informação sobre 97 casos de influenza de cerca de 5 mil instituições médicas a nível nacional durante o período de 7 dias até 16 de outubro.

Ilustrativa (banco de imagens)

O número de casos confirmados de influenza no Japão até agora neste ano continuou bem abaixo dos níveis normalmente observados antes da pandemia de coronavírus em 2020.

Publicidade

O Ministério da Saúde do Japão disse que recebeu informação de 97 casos de influenza de cerca de 5 mil instituições médicas a nível nacional durante o período de 7 dias até 16 de outubro.

Entretanto, o professor da Universidade Toho, Kazuhiro Tateda, está aconselhando as pessoas a se manterem vigilantes para um possível aumento simultâneo nos casos de influenza e covid-19.

O especialista em doenças infecciosas diz que as pessoas devem manter medidas antivírus, visto que surtos de influenza ocorreram em outros países neste ano.

O departamento de saúde da Austrália disse que confirmou mais de 225 mil casos de influenza a partir do início deste mês até 9 de outubro, citando que 308 pessoas morreram.

Os números na Austrália são bem maiores do que os 550 casos sem mortes reportados durante um período similar no ano passado.

Autoridades da saúde e especialistas atribuem o aumento à suspensão de medidas anticoronavírus como lockdowns e uso de máscara.

Elas acrescentaram que a imunidade das pessoas ao vírus da influenza havia enfraquecido como resultado de menos exposição nos últimos 2 anos.

Autoridades estatais australianas ofereceram vacinas contra influenza, mas apenas cerca de 40% da população de 6 meses ou mais velhas receberam doses nessa temporada.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!