Putin diz que Rússia posicionará armas nucleares em Belarus

Putin disse que a medida não violaria acordos de não proliferação nuclear e a comparou com os EUA posicionando suas armas na Europa, segundo a mídia estatal russa.

Putin disse que a medida não violaria acordos de não proliferação nuclear (banco de imagens)

A Rússia posicionará armas nucleares táticas em Belarus (Bielorrússia), disse o presidente Vladimir Putin.

Publicidade

Putin disse que a medida não violaria acordos de não proliferação nuclear e a comparou com os EUA posicionando suas armas na Europa, de acordo com a mídia estatal russa.

Moscou não estaria transferindo controle de suas armas para Minsk, capital de Belarus, acrescentou ele.

Os EUA disseram que não acreditam que a Rússia estava se preparando para usar armas nucleares após o anúncio.

Não vimos razão alguma para ajustar nossa postura nuclear estratégica”, disse o Departamento da Defesa dos EUA.

“Continuamos comprometidos com a defesa coletiva da aliança Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte)”.

O regime bielorrusso é um aliado firme do Kremlin e apoiador da invasão à Ucrânia.

Putin disse à rede de TV estatal russa no sábado (25) que o líder bielorrusso, Alexander Lukashenko, havia levantado a questão há muito tempo sobre posicionar armas nucleares táticas na Bielorrússia.

A Rússia terá concluído a construção de uma unidade de armazenamento para armas nucleares táticas na Belarus até 1º de julho, acrescentou Putin.

Ele não especificou quando as armas seriam transferidas para a Belarus. Essa será a 1ª vez desde meados dos anos 1990 que Moscou terá armas nucleares posicionadas fora do país.

Os comentários de Putin ocorreram após o presidente ucraniano Volodymyr Zelesnky ter renovado seu apelo por mais suporte militar de seus aliados do Ocidente.

Contudo, em uma entrevista para um jornal japonês, Zelensky disse que a Ucrânia não poderia lançar qualquer contraofensiva em potencial no leste do país até que mais munição chegasse.

Fonte: BBC

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

JR Tokai considera operações automatizadas de trem-bala em 2028

Publicado em 26 de março de 2023, em Sociedade

O sistema será adotado pela mais nova série N700S, com os trens Nozomi, Hikari e Kodama sujeitos a operações automatizadas.

Um trem-bala parado em uma estação de Tóquio (ilustrativa/banco de imagens)

A Central Japan Railway planeja introduzir um sistema de operação automatizada para seus serviços de trem-bala em 2028, disse Shin Kaneno, presidente da companhia melhor conhecida como JR Tokai.

Publicidade

Um condutor estará a bordo para operações como colocar o trem em andamento, de acordo com Kaneko, que falou em uma coletiva de imprensa na sexta-feira (24) para anunciar o plano.

O sistema será adotado pela mais nova série N700S, com os trens Nozomi, Hikari e Kodama sujeitos a operações automatizadas.

Um trem que usa o sistema começará a se mover quando o condutor pressionar o botão. Enquanto operações como paradas de emergência serão realizadas pelos condutores, o trem ajustará sua velocidade e parar em estações automaticamente.

A JR Tokai vem conduzindo testes dos trens da Tokaido Shinkansen equipados com o sistema automatizado desde novembro de 2021.

A Tokyo Metro Co. disse separadamente na sexta-feira que ela começará testes de um sistema de operações de trens automatizados em sua linha Marunouchi no ano fiscal de 2025.

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!