China pede ‘alto nível de vigilância’ com expansão da Otan na Ásia

A Otan estaria planejando abrir seu primeiro escritório de ligação na Ásia no Japão a fim de facilitar conversas com parceiros de segurança como Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia.

O escritório proposto da Otan seria aberto no ano que vem em Tóquio (banco de imagens)

A China disse na quinta-feira (4) que “alto nível de vigilância” era necessário face à expansão no leste” da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) após reportagem na mídia de que a aliança está planejando estabelecer um escritório no Japão para facilitar consultas com aliados na região.

Publicidade

A Otan está planejando abrir no Japão seu primeiro escritório de ligação na Ásia para facilitar conversas com parceiros de segurança como Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia, com desafios geopolíticos da China e Rússia em mente, divulgou o site Asia Nikkei na quarta-feira (3), citando autoridades japonesas e da aliança.

Mao Ning, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, disse que a Ásia era uma “terra promissora para cooperação e desenvolvimento e não deveria ser uma arena de batalha para geopolítica”.

A contínua expansão da Otan no leste na região Ásia-Pacífico, interferência em assuntos regionais, tentativas de destruir a paz e estabilidade regionais, e pressão para confrontos de blocos pedem por alta vigilância de países na região”, disse Mao em uma coletiva de imprensa regular.

Segundo o site Asia Nikkei, o escritório proposto seria aberto no ano que vem em Tóquio.

Fonte: Business Times

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Policial comete suicídio na residência do primeiro-ministro

Publicado em 5 de maio de 2023, em Comportamento

Um policial de 25 anos cometeu suicídio em um banheiro na residência do primeiro-ministro do Japão.

Imagem: ANN

Um policial da tropa de choque de 25 anos foi encontrado sangrando na cabeça no banheiro localizado na residência oficial do primeiro-ministro do Japão e sua morte foi confirmada posteriormente. Acredita-se que ele cometeu suicídio atirando contra sua cabeça dentro do banheiro.

Publicidade

Pouco depois das 4h30 de sexta-feira (5), um policial encontrou o membro da tropa de choque sangrando na cabeça em um banheiro da guarita do portão oeste da residência oficial do primeiro-ministro, em Chiyoda-ku (Tóquio).

A morte do policial foi confirmada posteriormente no hospital.

De acordo com o Departamento de Polícia Metropolitana, foi encontrado um revólver no local, e o colega que estava no local ouviu o barulho de tiro. 

A polícia está investigando as circunstâncias detalhadas da morte do policial.

Fonte: NHK e ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!