Apenas timidez ou será que sofro com ansiedade social?

Saiba como identificar um possível TAS-Transtorno de Ansiedade Social. Veja os sintomas, causas e possíveis tratamentos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fobia social – imagem ilustrativa (PM)

Você tem dificuldade de falar em público?  Medo do julgamento e da interação com as pessoas? Sente timidez, o rosto esquentar e necessidade de isolar-se? Qual será o limite entre uma ansiedade normal, uma timidez e a ansiedade social?

Publicidade

A ansiedade social também conhecida como fobia social é um transtorno da ansiedade. Segundo o DSM-5 a característica essencial do transtorno é o medo ou ansiedade acentuados ou intensos de situações sociais nas quais o indivíduo pode ser avaliado pelos outros. Comum manifestar-se na infância e início da adolescência, podendo trazer prejuízos que se estendem para a vida adulta.

Sentir-se nervoso antes de uma situação importante, é normal, mas as pessoas que sofrem de ansiedade social sentem-se sempre nervosas e ansiosas em inúmeras situações, até mesmo em situações prazerosas na companhia de pessoas conhecidas.

A pessoa até reconhece o medo e a ansiedade como sendo infundados, mas não consegue evitar

Muitas vezes por ser confundido com timidez, o transtorno de ansiedade social acaba sendo diagnosticado tardiamente ou até mesmo não é tratado. O que em alguns casos fará com que o paciente busque ajuda médica, será o fato dele apresentar outros transtornos causados pela mesma ansiedade social não tratada, como depressão, transtorno de pânico, etc. Vale aqui destacar que a timidez é um traço de personalidade comum, só é considerada patológica quando impacta negativamente no funcionamento social, profissional ou outras áreas da vida do indivíduo.

Como identificar um possível TAS-Transtorno de Ansiedade Social

Características apresentadas:

  • Dificuldade para interagir e conversar com outras pessoas;
  • Medo de falar em público e no telefone;
  • Receio de comer na frente dos outros;
  • Medo de dar sua opinião sobre determinado assunto;
  • Receio de andar ou trabalhar na frente de outras pessoas;
  • Medo do julgamento;
  • Receio de ser humilhado, etc.

Sintomas apresentados:

  • Aumento dos batimentos cardíacos;
  • Aumento da frequência respiratória;
  • Rosto vermelho;
  • Náusea;
  • Suor em excesso;
  • Presença de tontura;
  • Tremedeira;
  • Voz trêmula;
  • Tensão muscular, etc.

Causas

Acredita-se que fatores genéticos e ambientais, tenham relação com o desenvolvimento do TAS.  A presença de familiares com o transtorno, a criação em ambientes rígidos, onde há a presença de muito controle, falta de apoio e a necessidade constante por aprovação aumenta a possibilidade de o indivíduo também desenvolver ansiedade social.

Diagnóstico

A intensidade e a duração dos sintomas, bem como o grau de incapacitação em que o indivíduo se encontra são critérios considerados na conclusão do diagnóstico, além dos fatores genéticos e ambientais.

Tratamento

O acompanhamento psicológico ajuda o paciente a lidar com a ansiedade social resultando em uma melhor qualidade de vida.  Estratégias terapêuticas trabalham as potencialidades do indivíduo e o auxiliam no reconhecimento e análise de pensamentos negativos, consequentemente reduzindo os sintomas.

Em alguns casos é necessário ajuda psiquiátrica e medicamentos.

Dica

Vale como dica dizer que uma rotina saudável só tem a favorecer no todo do que somos. Dormir bem, uma alimentação equilibrada, prática de atividade física, lazer, meditação, trabalhar a respiração, etc.; ajudam sempre, independente de termos um transtorno ou não. O cuidado conosco é sempre muito importante. Analisarmos como nos sentimos é o que pode fazer a diferença entre o que é normal e o que pode ser motivo para uma possível ajuda médica e/ou psicológica.

Boas reflexões!
Eliana Nonaka

Se deseja conversar, desabafar ou busca orientações, entre em contato com a autora e solicite atendimento online. É mais prático e eficaz do que se imagina. Link no card abaixo.

American Psychiatric Association (2014). DSM-5 Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (5ª Ed.) Artmed

Os textos publicados nesta página não refletem necessariamente a opinião do Portal Mie, são de criação e responsabilidade do autor Eliana A. C. I. Nonaka

Eliana A. C. I. Nonaka (CRP 06/170575) – Psicóloga formada pela Faculdade FMU Faculdades Metropolitanas Unidas.
Morou no Japão por 14 anos, hoje é atuante no Brasil, inclusive atendendo brasileiros de diversos países de forma online. Informações pelo WhatsApp: +55-11-96437-6590 (clique para abrir o Whatsapp), Facebook Messenger: https://www.facebook.com/eliana.correia.104 ou pelo Instagram: @seusaudavel_psico

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Toyota paralisa uma das fábricas na China, o que afetará as vendas naquele país

Publicado em 15 de março de 2022, em Ásia

Além disso, essa suspensão da produção afetará a meta de produção global dependendo do tempo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

RAV4 (HP)

A Toyota Motor anunciou na segunda-feira (14) sobre a paralisação temporária da operação de uma fábrica de joint venture de carros de passeio, situada na cidade de Changchun, no nordeste da China, a partir desse mesmo dia. 

Publicidade

O motivo, segundo a montadora, é a epidemia do novo coronavírus. A cidade está em lockdown desde 11 deste mês. 

Por isso, não se sabe até quando a paralisação continuará, o que poderá afetar as vendas dos novos carros na China.

A planta de Changchun produz principalmente o SUV RAV4. A subsidiária chinesa da Toyota disse: “Tomamos essa decisão considerando o lockdown, a operação dos fornecedores e a segurança dos funcionários”.

Toyota poderá ter queda de vendas novamente

Além disso, declarou que “planejamos retomar as operações assim que as instruções do governo e a segurança da região e dos parceiros comerciais forem garantidas”.

No dia 11, as autoridades de prevenção de epidemias da cidade de Changchun proibiram saídas desnecessárias e não urgentes em todas as áreas da cidade e restringiram as saídas de cerca de 9 milhões de cidadãos. Todas as atividades corporativas também pararam, exceto empresas importantes.

Em janeiro, a Toyota suspendeu a operação de uma subsidiária na cidade de Tianjin após a confirmação da variante ômicron do novo coronavírus.

Devido à queda na produção, as vendas de carros novos em janeiro na China caíram 20% em relação ao ano anterior, ficando abaixo dos resultados do ano anterior pela primeira vez em dois meses. As vendas aumentaram 10% em fevereiro, mas se a fábrica de Changchun ficar fechada por muito tempo, as metas da montadora poderão ser afetadas.

Fonte: Nikkei 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância