Dicas de emagrecimento para biotipos diferentes

Dicas interessantes de como emagrecer respeitando seu biotipo.

Imagem de uma pessoa se alimentando saudavelmente e outra comemorando perda de peso. (ilustrativa)

Existem biotipos diferentes e cada um pode ter necessidades específicas em relação ao emagrecimento. Abaixo estão algumas dicas para biotipos diferentes:

Publicidade
  • Ectomorfos

São pessoas que têm dificuldade em ganhar peso e massa muscular. Para emagrecer, é importante que se concentrem em aumentar a intensidade e a frequência do exercício cardiovascular, como de caminhada, intercalar com corrida e mais de 3 vezes por semana, como também considerem incluir treino de força, como a musculação, para ajudar a construir músculos.

Devem manter um plano alimentar equilibrado, com uma ingestão calórica reduzida, mas sem negligenciar o consumo de proteínas, tais como ovo, leite e derivados, carnes brancas, para manter e aumentar a massa muscular.

  • Mesomorfos

São pessoas que têm uma estrutura corporal atlética e naturalmente musculosa. Para emagrecer, precisam focar em exercícios cardiovasculares de alta intensidade, como corrida, natação acima de 3vezes por semana, bem como treinamento de força para manter e construir massa muscular.

Também devem ter cuidado com a ingestão de calorias, já que têm uma tendência maior a ganhar peso, logo sempre incluir nas refeições saladas e frutas para redução do aporte calórico.

  • Endomorfos

São pessoas que têm uma estrutura corporal mais arredondada e tendência a acumular gordura. Para emagrecer, devem fazer exercícios cardiovasculares com intensidade moderada a alta, como elíptico, esteira, bike e corrida e incluir treinamento de força, como musculação, para manter a massa muscular.

Devem ter uma alimentação equilibrada com uma ingestão calórica reduzida, mas sem descuidar do consumo de nutrientes importantes, assim faz sentido consumir mais fibras, verduras, legumes e frutas ao longo do dia.

Independentemente do biotipo, é importante que as pessoas tenham uma alimentação saudável e equilibrada, bebam muita água, possuam a qualidade do sono e evitem o estresse.

O acompanhamento de um nutricionista também pode ser importante para garantir um emagrecimento saudável e seguro.

Veja também: Whey protein: tipos e marcas de que auxiliarão no treino para emagrecimento

Nutricionista Silvia Tsutsumi (toque para conectar no Facebook) (toque para conectar no Instagram)

Para quem busca orientações sobre nutrição e planos de dietas alimentares personalizados, entre em contato com a Silvia. Faça uma consulta e tenha suporte de uma profissional qualificada.

WhatsApp - Instagram

Para quem busca orientações sobre nutrição e planos de dietas alimentares personalizados, entre em contato com a Silvia. Faça uma consulta e tenha suporte de uma profissional qualificada. Há planos específicos para quem mora no Japão.

Os textos publicados nesta página não refletem necessariamente a opinião do Portal Mie, são de criação e responsabilidade do autor Nutricionista Silvia Tsutsumi


– Pós-graduada em Nutrição do Nascimento a Adolescência pelo Centro Universitário São Camilo – SP
– Formada em Nutrição há 14 anos, onde concluí com Honra e Mérito, sendo homenageada como 1º lugar no curso pela Reitoria.
Tive a oportunidade de viver uma experiência incrível trabalhando em uma creche no Japão. Essa experiência me permitiu aprender muito sobre alimentação saudável, principalmente para crianças.
Atualmente moro no Brasil, atendendo via teleconsulta brasileiros que moram em diversos países, mas em especial no Japão. Hoje mais de 1000 vidas foram transformadas.

WhatsApp: +55 11 97315-7409 (toque para conectar)

Site: www.nutricionistasilviatsutsumi.com

Instagram: @nutricaovivida

Twitter: @Nutricaovivida

Facebook: Nutrição Vivida

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Menopausa: vilã ou aliada das mulheres?

Publicado em 1 de abril de 2023, em Eliana A. C. I. Nonaka

Entenda mais sobre a menopausa, um período de mudanças para a mulher que faz parte do processo natural da vida.

Imagem ilustrativa (PM)

A menopausa não é um assunto muito fácil para grande parte das mulheres quando chegam no período da meia idade. Algumas pensam que a menopausa é uma grande vilã do universo feminino, mas é inevitável não passar por ela estando vivas. Aceitar que ela faz parte do envelhecimento natural do corpo é fator fundamental para uma vida mais feliz consigo mesma, com os outros e com o meio.

Publicidade

Existe uma grande confusão no que diz respeito à menopausa e ao climatério.

A menopausa – do grego emmenopausis, que significa “fim do ciclo dos meses” – é um marco, é a última menstruação que se dá dentro do período do climatério, geralmente entre 45 e 52 anos. O climatério é definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como período de vida da mulher compreendido entre o final do período reprodutivo até a senilidade. Período esse não reprodutivo. O que podemos entender é que, com o declínio da função ovariana que resulta na diminuição da produção dos hormônios estrogênio e progesterona, a mulher se encontrará em período de climatério, estendido até a velhice.

Cabe aqui informar que para definir o diagnóstico de menopausa, a mulher deverá apresentar amenorreia (ausência de menstruação) por pelo menos 12 meses consecutivos. O tempo de climatério que antecede ou postergue a menopausa e os seus sintomas além da amenorreia, difere de mulher para mulher.

Mas por que será que é tão difícil aceitar a menopausa e o climatério?

A menopausa e o climatério assim como a fase da adolescência trazem consigo muitos desafios e transformações. No período do climatério não ocorre só a suspensão da menstruação, algumas mulheres podem apresentar sangramento em excesso, o que pode muitas vezes provocar desconforto e situações desagradáveis.

  • A mulher não pode mais gerar filhos com seus próprios óvulos, podendo desencadear sentimento de infertilidade e incapacidade. Luto pela mulher que já foi
  • Alterações corporais, aumento de peso, pele seca, perda de tônus muscular, flacidez cutânea, diminuição dos cabelos e enfraquecimento dos ossos e unhas
  • Crise de identidade, sentimento de menos valia, tendência a um rebaixamento da autoestima e em alguns casos problemas psicológicos
  • Fogachos, aumento da sudorese, diminuição da libido, secura vaginal, dores nas relações e consequentemente vida sexual prejudicada
  • Irritabilidade, alterações no sono, etc.

Toda nova fase é um novo tempo de aceitação e aprendizado.

A máquina corpo humano infelizmente envelhece. Esse declínio não ocorre somente com os órgãos ligados à reprodução feminina, pelo contrário, ocorre com os outros órgãos e também com os homens, mas de maneira diferente. O que vai ajudar no enfrentamento deste novo que se coloca é a forma como o recebemos e nos posicionamos diante dele.

Nunca dominaremos completamente a natureza, e o nosso organismo corporal, ele mesmo parte desta natureza, permanecerá sempre como uma estrutura passageira, com limitada capacidade de realização e adaptação. (Sigmund Freud)

Pode servir de ajuda desconstruir certos pensamentos e crenças irracionais, como:

  • Não serei a mesma depois da menopausa
  • Mulher que não gera filhos não é mulher
  • Entrei na menopausa, agora é o fim. Que vergonha!
  • Eu era mais bonita e completa quando era jovem
  • Ele (outra pessoa) agora não vai mais me amar

É preciso aceitar que a menopausa e o climatério são aliados que merecem ser acolhidos como parte integrante do que é ser mulher. Não é o fim e sim um prolongamento, onde a mulher pode incorporar novas estratégias de viver e ver o mundo.

  • Ao perceber os primeiros sintomas busque ajuda ginecológica, o médico(a) fará a anamnese necessária para o correto diagnóstico bem como os exames, medicações e encaminhamentos necessários para cada caso
  • Converse com o(a) parceiro(a), familiares e amigos sobre a sua situação. O carinho, a compreensão e a atenção daqueles com quem convivemos nos fortalece
  • Quando a dor de estar passando por essa situação estiver causando angústia e prejuízo nas relações, busque ajuda psicológica, uma escuta qualificada pode ser uma grande ferramenta para entender as afetações do processo
  • Nunca é demais reforçar que sempre é benéfico ter uma boa qualidade de sono, praticar atividade física, uma boa alimentação, manter o autocuidado e desfrutar de momentos de lazer

Boas reflexões!

Eliana Nonaka (toque para conectar no Facebook)

Se deseja conversar, desabafar ou busca orientações, entre em contato com a autora e solicite atendimento online. É mais prático e eficaz do que se imagina. Link no card abaixo.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!