Multas não pagas resultam em apreensão do carro

Pela primeira vez na história da polícia de Gifu, um carro é apreendido por conta de multas de trânsito não pagas pela infratora.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Veículo apreendido já que não pagou as multas (CBC TV)

A Polícia da Província de Gifu tomou uma medida nunca antes feita, anunciou na segunda-feira (4). Ordenou o confisco do veículo da infratora, com 3 multas de trânsito.

Publicidade

A infratora que não foi identificada, apenas divulgou ser assalariada e com idade na faixa dos 40, teria pendências com a polícia. Por ter estacionado em local não permitido tomou 3 multas, sendo duas de 4 anos atrás e uma no ano passado.

As multas somam 60 mil ienes mas apesar da insistência nas cobranças, ela nunca pagou.

Diante dessa situação a polícia ordenou a apropriação judicial do seu veículo, no final do mês de janeiro.

Por outro lado, a infratora teria declarado na delegacia estar arrependida dizendo “vou pagar no dia do recebimento do salário”.

Fonte: CBC TV 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Coreia do Norte faz raro agradecimento ao Japão

Publicado em 5 de fevereiro de 2019, em Sociedade

A Coreia do Norte agradeceu ao Japão por ter oferecido ajuda humanitária diversas vezes a pescadores do país que passaram por problemas no mar.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A organização agradeceu a Tóquio por “ter oferecido ajuda humanitária várias vezes para que tripulações da Coreia do Norte aflitas pudessem retornar para casa em segurança” (NHK)

Uma organização norte-coreana emitiu na segunda-feira (4) uma rara demonstração de agradecimento ao governo japonês, em uma positiva declaração à Tóquio por ajudar pescadores que enfrentaram problemas no mar.

Publicidade

Em comentários transmitidos pela Agência Central de Notícias da Coreia, mais conhecida pela sigla em inglês KCNA, o Comitê Central da Sociedade da Cruz Vermelha do país teria comunicado a mensagem às autoridades japonesas “através de um canal relevante”.

A organização agradeceu a Tóquio por “ter oferecido ajuda humanitária várias vezes nos últimos anos para que tripulações da Coreia do Norte aflitas pudessem retornar para casa em segurança”.

Com frequência, barcos de pesca norte-coreanos entram ilegalmente em águas japonesas para pegar maior quantidade de peixes, mas passam por apuros por causa dos mares agitados e barcos de madeira em condições escassas.

Essas circunstâncias levaram ao que a mídia apelidou de “barcos fantasmas”, embarcações com bandeiras da Coreia do Norte encalhadas nas áreas costeiras japonesas, com residentes locais algumas vezes encontrando corpos de pescadores a bordo.

Em janeiro deste ano um barco com quatro pescadores norte-coreanos foi parar em Okinoshima, ilha que pertence à província de Shimane, após uma falha no motor.

Poucos dias depois, a Fuji News divulgou que dois norte-coreanos haviam sido resgatados pela Guarda Costeira do Japão no largo da costa de Fukaura (Aomori), tendo ficado à deriva no mar por um mês. Os homens disseram que queriam voltar para casa.

No fim do ano passado, a Guarda Costeira do Japão reportou um número recorde de embarcações com bandeira norte-coreana em áreas costeiras do arquipélago.

A declaração de segunda-feira é uma rara demonstração de gratidão da Coreia do Norte ao Japão que vem nos últimos meses buscando flexibilizar sua posição em relação a Pyongyang.

O primeiro-ministro Shinzo Abe, em um discurso na assembleia do Japão em janeiro, demonstrou vontade em se encontrar com o líder Kim Jong-un no próximo ano para “resolver questões nucleares” e o conflito de longo tempo entre os dois países sobre o rapto de cidadãos japoneses por Pyongyang.

Contudo, apesar das afirmações sul-coreanas em abril do ano passado de que a Coreia do Norte estava aberta para diálogo com o Japão “a qualquer momento”, a mídia estatal norte-coreana nas últimas semanas continuou a condenar Tóquio como “força hostil”.

Fonte: nk.news

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância