Covid-19: variante Mu é mais resistente a anticorpos induzidos por vacina

Estudo no Japão mostra que a Mu foi 9,1 vezes mais resistente do que o vírus parental, sugerindo que anticorpos são menos eficazes contra a variante.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Um grupo de pesquisadores japoneses diz que a variante Mu do coronavírus mostra alta resistência a anticorpos induzidos pela vacinação.

Liderado pelo professor associado Kei Sato do Instituto de Ciência Médica na Universidade de Tóquio, o grupo publicou suas descobertas no New England Journal of Medicine.

Os pesquisadores geraram um vírus artificial com características da variante Mu e avaliaram sua sensibilidade aos anticorpos em amostras de sangue obtidas de pessoas que haviam recebido a vacina da Pfizer-BioNTech.

Eles dizem que os resultados mostraram que a Mu foi 9,1 vezes mais resistente do que o vírus parental, sugerindo que anticorpos são menos eficazes contra a variante.

O grupo diz que vacinas têm vários efeitos além de produzir anticorpos e mais pesquisa é necessária para avaliar como a eficácia da vacinação é afetada.

Sato diz que o coronavírus continuará a sofrer mutação e acrescenta que é importante estabelecer um mecanismo para identificar características do vírus e compartilhar a informação internacionalmente.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

China sofre sua maior propagação de Covid-19 desde Wuhan

Publicado em 4 de novembro de 2021, em Ásia

Mais de 600 casos transmitidos localmente descobertos em 19 das 31 províncias da China.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ruas vazias em Wuhan durante o primeiro dia do lockdown da cidade em janeiro de 2020 (banco de imagens)

A China está sofrendo sua maior propagação da Covid-19 desde 2019 quando o vírus surgiu pela primeira vez em Wuhan.

Novos casos de Covid-19 do país transmitidos localmente aumentaram para uma alta de 3 meses em meio ao que o governo chinês chamou de novo surto “grave” da altamente contagiosa variante Delta.

Agora, mais de 600 casos transmitidos localmente foram descobertos em 19 das 31 províncias, divulga o Bloomberg.

A Comissão Nacional da Saúde confirmou na quarta-feira (3) 93 casos locais sintomáticos para terça-feira (2), alta de 54 em comparação ao dia anterior e a contagem diária mais alta desde 9 de agosto no pico do último maior surto da China.

A maioria dos casos locais foi descoberta em Heihe, cidade na província de Heilongjiang, onde 35 infecções foram registradas na terça-feira. Outras três províncias detectaram casos: Chongqing, Jiangsu e Henan, divulgou o Bloomberg.

A propagação e aumento das infecções por Covid-19 ocorrem apesar do governo chinês ter imposto restrições mais rigorosas para conter os casos.

Autoridades apoiaram o governo com sua abordagem zero Covid, com um especialista insistindo que o surto atual será contido “dentro de um mês”.

Na terça-feira, o governo da China pediu aos residentes que estocassem itens de necessidade diária e para as autoridades tomarem medidas a fim de garantir fornecimentos adequados de alimentos enquanto o país adota medidas cada vez mais duras para conter o surto recente.

Fonte: Daily Mail

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades