EUA autorizam 2º medicamento oral contra Covid-19

Os EUA emitiram autorização para uso da pílula contra Covid-19 da Merck, oferecendo ao país uma segunda opção tratamento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa (PM)

Reguladoras nos EUA emitiram uma autorização de uso de emergência para uma pílula antiviral contra Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica a americana Merck&Co., oferecendo ao país uma segunda opção tratamento na luta contra a pandemia.

Publicidade

O tratamento, chamado molnupiravir, não é recomendado durante a gravidez devido a preocupações com malformações congênitas.

Seu uso é limitado comparado ao medicamento da Pfizer que foi autorizado um dia antes, embora ambos tenham sido aprovados para casos leves a moderados em pessoas sob alto risco de hospitalização ou morte.

A Administração de Alimentos de Medicamentos dos EUA – FDA enfatizou que o molnupiravir é destinado a situações em que outros tratamentos autorizados para Covid-19 forem inacessíveis ou clinicamente inapropriados.

Ele é um medicamento que funciona ao introduzir “erros” no código genético do vírus, prevenindo deste modo que ele se multiplique ainda mais, de acordo com a FDA.

Fonte: News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão expandirá testes gratuitos de Covid-19 em meio a temores da ômicron

Publicado em 24 de dezembro de 2021, em Sociedade

Testes gratuitos a todos em áreas onde teme-se que a variante ômicron do coronavírus esteja se espalhando, incluindo Osaka, Quioto e Okinawa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, disse na quinta-feira (23) que o governo oferecerá testes de Covid-19 gratuitos a todos em áreas onde teme-se que a variante ômicron do coronavírus esteja se espalhando, incluindo as províncias de Osaka, Quioto e Okinawa.

Publicidade

Kishida fez o anúncio durante uma palestra organizada pelo Instituto de Pesquisa do Japão afiliado ao Jiji Press, após os primeiros casos do país contraídos na comunidade da variante ômicron terem sido confirmados em Osaka na quarta-feira (22).

Mais casos comunitários da ômicron foram reportados em Osaka e Quioto na quinta-feira, enquanto um grande foco de infecções por coronavírus emergiu no Camp Hansen do pessoal militar dos EUA em Okinawa.

Para as pessoas que não podem ser vacinadas contra coronavírus devido a razões de saúde e crianças com idade abaixo de 12 anos, que atualmente não estão cobertas pela campanha de vacinação, o governo planeja dar início aos testes para detectar Covid-19 sem necessidade de fazer reservas em todas as províncias ainda este ano.

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência