Grávida tem entrada negada em hospital por teste de covid-19 expirado e perde bebê

A mulher no 8º mês de gravidez foi recusada em um hospital na China porque seu teste de covid-19 havia expirado em 4 horas

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Chefes médicos foram demitidos após uma grávida ter perdido seu bebê no lado de fora de um hospital na China que negou sua entrada devido a controles da covid-19, enquanto autoridades na cidade de Xi’an enfrentam investigação por suas medidas rigorosas de lockdown.

Publicidade

A mulher, que estava em seu oitavo mês de gravidez, foi recusada no Hospital de Gaoxin em 1º de janeiro porque seu teste de covid-19 havia expirado em 4 horas, de acordo com uma publicação na terça-feira (4) escrita por alguém afirmando ser a sobrinha da grávida.

Um vídeo publicado no mesmo dia, mostrando o que pareceu ser uma mulher sangrando na calçada no lado de fora de um hospital no distrito de Gaoxin de Xi’an, se tornou trending em uma plataforma de microblog.

Dois chefes de departamentos do hospital foram demitidos e um gerente-geral foi suspenso, anunciou o governo de Xi’an em uma declaração na quinta-feira (6).

Uma investigação que foi concluída na quarta-feira (5) determinou que a situação foi “um acidente causado por negligência”, segundo a divulgação, e ordenou ao hospital que compensasse e pedisse desculpas à mulher.

Atualmente Xi’an está combatendo o pior caso de covid-19 desde o início da pandemia, tendo reportado mais de 1,7 mil casos em um mês.

O lockdown proibiu seus mais de 13 milhões de residentes de saírem de suas casas sem uma razão especial, gerando falta de comida e cuidado médico.

Fonte: Straits Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Honda anuncia construção de nova fábrica de veículos elétricos em Wuhan

Publicado em 6 de janeiro de 2022, em Ásia

Honda China JV anuncia produção anual de 120 mil unidades em nova fábrica exclusivamente para veículos elétricos na China.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A fábrica da Honda China JV deverá ter uma capacidade de produção de 120 mil veículos ao ano (banco de imagens)

A Honda e sua parceira chinesa de empreendimento conjunto Dongfen disseram na quinta-feira (6) que devem construir uma fábrica na cidade de Wuhan para fabricar exclusivamente veículos elétricos (VEs) a partir de 2024.

Publicidade

A fábrica deverá ter uma capacidade de produção de 120 mil veículos ao ano, disse a Honda em uma declaração.

A Honda, a segunda maior montadora do Japão, deve lançar uma nova marca de VE na China neste ano chamada de e:N Series com planos de desenvolver 10 modelos com as parceiras Dongfeng e GAC.

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância