Carreta invade e danifica 4 estabelecimentos

Ainda não se sabe o motivo do motorista ter subido na calçada com a carreta e chocado com as edificações.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vista aérea do acidente (NHK)

Pouco depois das 9h30 de sexta-feira (25), uma carreta invadiu 4 estabelecimentos e o acidente foi visto por uma testemunha que ligou para o 119 pedindo socorro. “O motorista está preso”, teria dito. 

Publicidade

Os policiais e bombeiros foram para o local, em uma rodovia provincial da cidade de Miki (Hyogo) para resgate do motorista.

Segundo a polícia, o homem na faixa dos 50 anos, foi transportado de Doctor Heli para o hospital. Está em estado grave mas não corre risco de vida.

Casas bem danificadas pela carreta (MBS)

A carreta subiu na calçada e foi se arrastando pelos 4 estabelecimentos compostos de residências e lojas e, no momento desse acidente, não havia ninguém por isso não gerou feridos. 

Os danos nas edificações são grandes. A polícia está verificando detalhadamente a causa.

Assista ao vídeo de um dos noticiários.

Fontes: NHK, MBS e JNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Governo japonês aplica mais sanções contra a Rússia

Publicado em 25 de março de 2022, em Política

As sanções financeiras adicionais do Japão contra a Rússia incluem congelamento dos ativos dos oligarcas e proibição da exportação de bens de luxo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Dmitry Peskov, secretário de imprensa do presidente da Rússia, um dos da lista do congelamento (JNN)

Em uma reunião de gabinete na sexta-feira (25), o governo do Japão decidiu proibir a exportação de bens de luxo como forma de fortalecer as sanções contra a Rússia.

Publicidade

Incluiu ainda a ampliação do número de pessoas listadas para o congelamento de seus ativos, os quais são funcionários do alto escalão do governo russo, os silovikis e os membros da oligarquia, donos de estaleiros no mundo todo e de instalações de pesquisa avançada para tecnologia militar. São mais 25 pessoas físicas e 81 grupos de elite.

O escopo das sanções financeiras a Rússia se estende a 101 indivíduos e 130 grupos.

Após a reunião de cúpula do G7-grupo dos 7 países mais industrializados do mundo, realizada na Bélgica, o primeiro-ministro Fumio Kishida disse que  “vamos introduzir essa proibição de exportação no início da próxima semana”.

Além disso, usará um projeto de lei para alterar a legislação para retirar a Rússia do “tratamento para nação favorecida” que garante incentivos comerciais e ativos digitais.

Irá fortalecer ainda mais a eficácia das sanções à Rússia pela invasão à Ucrânia desde 24 de fevereiro.

Fontes: NNN e JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância