Churrasco causa incêndio da mata no leito do rio em Mie

Em um dia com alerta de vento forte, ocorreu um incêndio queimando o mato do leito do rio, em Mie.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fogaréu no leito do rio (Tokai TV)

Por volta das 18h30 de sábado (5), uma pessoa ligou para o 119 dizendo que “fiz churrasco e o fogo se alastrou pelo leito do rio”, em Shono-cho, cidade de Suzuka (Mie). Logo em seguida entraram outros telefonemas de pessoas que viram as chamas.  

Publicidade

Foram enviadas 6 unidades de veículos e equipes de combate e o fogaréu foi extinto cerca de 45 minutos depois. Segundo os bombeiros ninguém ficou ferido.

De acordo com o corpo de bombeiros, no momento do incêndio, vários homens estavam fazendo churrasco no leito do rio. O fogo deve ter se alastrado porque nesse dia havia alerta de vento forte, desde manhã.

A polícia está investigando as circunstâncias do incêndio ouvindo os homens.

Fontes: Tokai TV e CTV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Polícia reconhece erro que levou homem a ficar preso

Publicado em 7 de março de 2022, em Sociedade

Depois de longos anos, a polícia reconhece que cometeu um erro de investigação. Por causa disso, o homem ficou preso 10 meses.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de policiais japoneses (Wikimedia)

Um homem foi acusado de roubo há 10 anos em uma loja de conveniência na cidade de Izumiotsu (Osaka), e absolvido depois, em julgamento. Pela primeira vez depois disso, a polícia admitiu o erro e pediu desculpas à vítima.

Publicidade

No mesmo dia, sexta-feira (4), a polícia indiciou um homem na faixa dos 30 anos, identificado como suspeito em uma nova investigação realizada. 

O homem vítima do erro de investigação é o músico 土井佑輔, 31 anos. Em agosto de 2012 foi preso por suspeita de um roubo ocorrido em junho, no valor de 10 mil ienes. Posteriormente, foi acusado desse roubo, ficando encarcerado por 10 meses, embora continuasse se declarando inocente.

Em julho de 2014 o juiz do Tribunal Distrital de Osaka o declarou inocente pois a impressão digital deixada na porta foi 5 dias antes da ocorrência do roubo.

Demora para reconhecer o erro

No entanto, a investigação só foi reaberta no outono do ano passado, quando os policiais descobriram que a impressão digital deixada em uma sacola plástica corresponde à de um homem na casa dos 30. E ele admitiu a suspeita. 

A promotoria e a polícia pediram desculpas ao homem que foi preso erroneamente. “Não entendo porque logo depois de ter recebido a absolvição por ser inocente a polícia não reabriu o caso”, declarou o músico para o Yomiuri.

Gostaria que a polícia tivesse noção da magnitude de suas responsabilidades”, apontou o homem preso e acusado injustamente.

Koji Atsuta, chefe da Divisão de Assuntos Criminais da Polícia da Província de Osaka, comentou: “Vamos reforçar as orientações sobre as investigações para que isso não nunca aconteça novamente”. 

Fonte: Yomiuri 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância