Se for dirigir não beba e se beber jamais dirija

Na época das festas de final de ano, se beber não dirija para evitar acidentes e violação da lei de trânsito. Cuidado com a cumplicidade!

Imagem meramente ilustrativa de bebida alcoólica (PxHere)

Na época em que ocorrem as festas de confraternização e outras comemorações, a recomendação das autoridades é não dirigir alcoolizado.

Publicidade

Ou seja, se for beber ou bebeu não dirija. Não é só pela violação da lei de trânsito, mas para evitar um acidente, o qual pode ser fatal.

A Polícia da Província de Aichi adverte que independente da quantidade da ingestão de bebida alcoólica, jamais dirija.

E relembra que dependendo do nível de álcool, caso seja flagrado, poderá ser condenado a até 5 anos de prisão ou ao pagamento de multa no valor de até 1 milhão de ienes.

Não só o motorista responderá por isso. A pessoa que ofereceu a bebida alcoólica, quem pediu carona para o motorista alcoolizado ou quem emprestou o veículo para quem bebeu, são todos cúmplices.

Caso aconteça de não resistir há duas formas de ficar tranquilo. Uma é procurar por um local para se hospedar: sauna, hotel-cápsula, hotel, casa de amigos ou até um internet café.

A outra é chamar pelo serviço chamado daiko, ou motorista de aluguel. Se ainda não leu sobre isso toque aqui para abrir a matéria.

Folheto da Polícia da Província de Aichi

Fontes: Polícia de Aichi e arquivo 

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Primeiras vacinas estrangeiras contra Covid chegam à China

Publicado em 22 de dezembro de 2022, em Ásia

Berlim enviou seu primeiro lote de vacinas contra Covid da BioNtech para a China. As doses serão inicialmente administradas a cidadãos alemães no país.

Alemanha envia vacinas contra coronavírus para a China (banco de imagens)

Berlim enviou seu primeiro lote de vacinas contra covid-19 da BioNTech para a China com o intuito de serem administradas inicialmente a expatriados alemães, disse um porta-voz do governo alemão na quarta-feira (21), o primeiro imunizante estrangeiro contra coronavírus a ser entregue no país asiático.

Publicidade

Nenhum outro detalhe estava disponível sobre o tamanho da entrega, embora o porta-voz tenha dito que Berlim está fazendo pressão para que outros estrangeiros, além de cidadãos alemães, tenham permissão para acesso à dose de eles desejarem.

O envio ocorre após a China ter concordado em permitir que cidadãos alemães no país recebessem a dose após um acordo durante a visita do chanceler Olaf Scholz a Pequim no mês passado, com o líder alemão pressionando para que a dose fosse amplamente disponibilizada aos chineses também.

Atualmente, há cerca de 200 mil alemães morando na China.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros