Emergências no Japão: kit de preservação da vida

É responsabilidade do próprio cidadão preservar sua própria vida durante a ocorrência de um desastre natural. Já montou seu kit para casos de emergências?

Placa de aviso de local de evacuação no Japão e um kit de emergência (ilustrativa, Amazon)

Desastres naturais como terremotos, tsunamis e tufões de grande escala ocorrem com frequência no Japão. Nas ocasiões em que é preciso deixar o local para se proteger é preciso ter um kit de preservação da vida.

Publicidade

Ter seu kit pronto será essencial nos abrigos de emergência providenciados pelo governo ou associações dos bairros da cidade. É importante saber a localização dos abrigos e ter em mãos mapas (de papel ou digital) e compartilhar a informação com os membros da família, assim todos saberão os procedimentos em casos de evacuação.

O que é preciso ter no kit para 3 dias

  • Água: imprescindível para a vida. Calcule 2 litros por dia e multiplique pelo número de familiares para 3 dias
  • Alimentos: produtos enlatados, retorts, instantâneo, biscoitos e chocolates. Procure escolher os com prazo de vencimento longo
  • Caixa de primeiros socorros: adesivo com curativo, gaze, esparadrapo, antissépticos e remédios prescritos
  • Roupas: 2 a 3 mudas, cobertor de emergência, roupas íntimas, meias, luvas, aquecedor (kairo)
  • Artigos de emergência: velas, isqueiro, lanterna com dínamo, rádio, bateria extra para smartphone, pilhas, apito, capacete
  • Artigos de higiene: toalhas, sabonete, lenço de papel, lenço umedecido, par de chinelos, toilet portátil, absorvente higiênico, fraldas para o bebê, papel higiênico, máscara
  • Artigos de outdoor: lona plástica, cordinha, fita adesiva, panela, prato, talheres de plástico, fogareiro de mesa, bombas de gás, filme plástico
  • Itens pessoais: cópias de documentos pessoais, passaporte, caderneta do banco, carimbo pessoal (inkan), cartão do seguro de saúde, cartões do banco e de crédito, dinheiro

Também é importante comprar apitos, pois são muito úteis para chamar atenção em emergências (veja este modelo no Amazon). Outro item importantíssimo e deve ser em quantidade suficiente para a família são os banheiros portáteis. Veja este modelo no Amazon, caixa com 100 unidades.

Ranking das 7 mochilas com kit pronto 

Está sem tempo para procurar e montar sua mochila? Pode comprar uma pronta, com dezenas de itens importantes. Mas lembre-se de colocar suas roupas e itens pessoais.

A intenção é de informar e não de merchandising. Tocando sobre o nome será direcionado para a Amazon, só para facilitar a busca. Mas podem ser encontradas em outras lojas online como também nas grandes do comércio.

7.º lugar – OZN

Mochila com diversos itens incluindo água, itens de primeiros socorros, banheiros portáteis, canivete e carregador manual para celulares. Custa ¥9.600.

6.º lugar – Iris Aoyama

Tem 14 itens e é voltada para criança, custa ¥4.298.

5.º lugar – Defend Future

5 dias de estoque de alimentos para emergências. Inclui arroz branco, arroz com temperos, água e outros itens de longa duração. Custa ¥14.800 com impostos.

 

4.º lugar – Bosai Bohan Direct

Tem 30 itens úteis indispensáveis no abrigo. Custa ¥21.500 mais taxa de remessa.

 

3.º lugar – HIH plus

Kit para 1 pessoa. Contém itens básicos para sobrevivência, incluindo lanterna.

 

2.º lugar – HIH

Mochila com 36 itens, incluindo um colchonete, é bem completa. Custa ¥13.980 mais taxa de remessa.

1.º lugar – Yamazen

Tem o básico, com 30 itens, sem alimentos e água. Custa ¥4.398 mais taxa de remessa.

 

Fontes: NHK, My Best e Amazon 
Fotos: Amazon

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Região de Aveiro como destino High-Tech

Publicado em 2 de abril de 2023, em Notícias do Mundo

Região de Aveiro em Portugal é destaque no desenvolvimento de estruturas para crescimento tecnológico.

Imagem ilustrativa

Um dos objetivos do projeto ADE – Aveiro Digital Export, promovido pela AIDA CCI (Câmara de Comércio e Indústria do Distrito de Aveiro) é precisamente promover a região de Aveiro.

Publicidade

Em sua visita à 8th Metal Japan, a AIDA CCI apresentou Aveiro, enquanto território na vanguarda da inovação, apresentando um índice de competitividade acima da média nacional (109) e primando pela forte aposta em investigação e desenvolvimento regional (101,7).

De acordo com dados fornecidos pela AIDA CCI, a tecnologia tem tido um papel determinante na cidade de Aveiro, fazendo desta um ecossistema inovador e competitivo e um dos principais impulsionadores do desenvolvimento econômico da região.

Em 2019, eram 354 as unidades de investigação e desenvolvimento da Região de Aveiro, o que demonstra um crescimento de 9% face ao ano anterior. A despesa em investigação e desenvolvimento das instituições e empresas regionais foi de 182 milhões de euros, nesse mesmo ano.

A crescente aposta em iniciativas que visam o desenvolvimento tecnológico e digital do tecido empresarial, potencia o caráter empreendedor e dinâmico da cidade.

A região apresenta um conjunto de organizações e projetos relevantes na área tecnológica, que a coloca na vanguarda da implementação de soluções ligadas à transição digital das empresas:

A Aveiro Tech City é uma iniciativa que reúne pessoas, empresas, institutos de investigação e soluções da última geração tecnológica para redefinir como viver e trabalhar numa cidade na nova realidade digital e conectada.

Esta iniciativa foi reconhecida pela Universidade de Harvard, que distinguiu a cidade portuguesa com o “Innovation in Community Engagement Award 2020”.

O projeto assenta em quatro eixos de atuação: educação, formação, tecnologia e aplicações e desafios, onde se incluem um vasto leque de atividades, desde a instalação de Techlabs nas escolas, à criação de um observatório de emprego responsivo, passando pelo desenvolvimento de uma plataforma de dados urbanos e um laboratório vivo com infraestrutura de fibra, sensores e conectividade 5G na cidade.

O projeto envolve também a dinamização de Bootcamps de código, desafios destinados a startups, sacleups e centros de I&D, bem como residências artísticas para a arte digital. 4.9 milhões de euros foram investidos neste projeto pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e mais de 3.000 estudantes irão beneficiar do mesmo (techlabs).

É também de destacar a Incubadora de Empresas da Região de Aveiro, um projeto que tem como objetivo potenciar economicamente as estratégias territoriais de promoção e de desenvolvimento do empreendedorismo e da inovação social, através de ações diferenciadores e qualificadoras, de espaços (polos) e de serviços de apoio à incubação de ideias de negócio e de empresas.

Para saber mais sobre o Aveiro Digital Export acesse a www.aida.pt.

Fonte: Câmara de Comércio e Indústria do Distrito de Aveiro

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!