Homem morre atropelado ao ajudar família de patos a atravessar rua nos EUA

O homem estava levando seus filhos para casa após uma aula de natação quando eles viram uma pata e seus filhotes com dificuldades para atravessar um cruzamento movimentado.

Casey Rivara parou para ajudar família de patos a atravessar rua, mas morreu atropelado (YouTube/NYP)

Um homem na Califórnia, nos EUA, morreu atropelado na semana passada após ajudar uma família de patos a atravessar a rua.

Publicidade

Identificado pela família como Casey Rivara, o homem parou no cruzamento do Park Drive & Stanford Ranch Boulevard por volta das 20h15 (hora local) na quinta-feira (18) para ajudar os animais a atravessar a rua, de acordo com um comunicado de imprensa do Departamento de Polícia do Rocklin (RPD).

Uma jovem motorista, de 17 anos, que está viajando no sentido leste em Stanford Ranch Boulevard, atingiu o homem na rua, disse o RPD.

A morte de Casey foi confirmada no local da colisão, disse a polícia. A motorista está colaborando com as autoridades.

Uma investigação está em andamento, segundo o RPD.

Casey estava “levando seus filhos para casa” após uma aula de natação “quando eles viram uma pata e seus filhotes com dificuldades para atravessar um cruzamento movimentado”, escreveu sua tia no GoFundMe criado para ajudar a família.

“Casey saiu para ajudar os patos a atravessar a rua de forma segura. Entretanto, quando ele estava voltando para o carro, ele foi tragicamente atingido por um outro veículo”, acrescentou a tia em uma mensagem compartilhada na página, que levantou mais de US$50 mil desde a segunda-feira (22).

Um menino de 12 anos que viu a colisão disse à KCRA-TV, afiliada da NBC, que as pessoas na área estavam aplaudindo o homem pelo seu ato de bondade antes de ser atingido.

“Todo mundo aplaudiu porque ele estava sendo muito legal”, disse o menino.

“Casey era o pai e marido mais bondoso e incrível”, disseram familiares. “Mesmo seu último ato nesse mundo foi um sinal de sua compaixão”.

Fonte: People

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Tartarugas-marinhas resgatadas ganham nome no aquário do Legoland

Publicado em 23 de maio de 2023, em Sociedade

Duas tartarugas-verdes resgatadas para cuidados do aquário do Legoland ganharam nomes.

Uma das tartarugas no aquário (Tokai TV)

Foi realizada uma cerimônia no domingo (21) para dar nomes às duas tartarugas-verdes sob os cuidados do aquário Sea Life Nagoya, anexo ao parque temático Legoland Japan Resort, em Minato-ku, cidade de Nagoia (Aichi).

Publicidade

Como parte das atividades de conservação do ecossistema marinho, as duas tartarugas-verdes que foram resgatadas em outubro do ano passado, estão sendo criadas em um grande tanque da área do aquário denominada Ryugujo, podendo ser traduzido como palácio do dragão.

Para a alegria das crianças, a partir de 21 de março deste ano, foi realizada uma seleção de nomes para essas duas tartarugas marinhas. Dentre os cerca de mil nomes enviados, foram selecionados 4 e os mais votados foram anunciados em frente ao grande tanque.

Os nomes escolhidos por dois meninos para as duas tartarugas protegidas foram Komugi e Okome. Deixaram uma mensagem para que elas “vivam com saúde”.

As duas tartarugas-verdes foram salvas de uma rede de pesca, onde estavam enroscadas, na costa da província de Kochi, em outubro do ano passado.

Foram encontrados em seus estômagos resíduos de plástico que devem ter sido ingeridos pensando que fossem algas e águas-vivas.

Por isso, deverão ser criadas por um ano no aquário Sea Life do Legoland e quando conseguirem eliminar esses resíduos serão devolvidas para o mar.

Fonte: Tokai TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!