China reabrirá fronteiras, abandona quarentena da Covid a partir de janeiro

Lockdowns, isolamento e quarentena não serão mais exigidos.

Aeroporto Internacional de Pequim (banco de imagens)

A China reabrirá fronteiras e abandonará medidas de quarentena destinadas a impedir a propagação do coronavírus em 8 de janeiro, removendo as últimas restrições sob sua rigorosa política “Covid zero”, divulgou na segunda-feira (26) o site South China Morning Post.

Publicidade

O jornal de Hong Kong citou três fontes de autoridades da saúde das províncias de Guangdong, Fujian e Jiangsu dizendo que foram solicitadas pela Comissão Nacional de Saúde da China no domingo (25) a se prepararem para rebaixar níveis de gestão da covid-19, o que significa que lockdowns, isolamento e quarentena não serão mais exigidos.

Pequim relaxou de forma significativa suas rigorosas medidas antivírus em 7 de dezembro após a onda de frustração pública em raros protestos a nível nacional.

Desde março de 2020, todos os passageiros que chegavam ao país precisavam passar por pelos menos 2 semanas de quarentena centralizada obrigatória, que depois aumentou para 3 semanas.

As medidas interromperam de forma signiticativa o turismo internacional e viagens de negócios, prejudicando ainda mais a economia do país arrasada pela Covid.

Fonte: News and Culture

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japonês doa 10 milhões de ienes à prefeitura para usar com as crianças

Publicado em 27 de dezembro de 2022, em Sociedade

Ele disse que ganha energia das crianças que frequentam a creche perto de sua barbearia, por isso, resolveu doar sua poupança.

À esq. o prefeito e à dir. o homem que doou 10 milhões de ienes para serem usados com as crianças (Kobe Shimbun)

Na segunda-feira (26) o japonês 古田喜久治, 79 anos, dono de uma barbearia na cidade de Itami (Hyogo), recebeu um diploma de agradecimento pela doação de 10 milhões de ienes à prefeitura.

Publicidade

Em meados de dezembro, ele sacou de sua conta bancária essa quantia, colocou as cédulas em um monte de cerca de 10 centímetros de altura, dentro de uma sacola plástica, a qual foi colocada em uma ecobag, na cesta de sua bicicleta e foi até a prefeitura.

No guichê disse para o funcionário “por favor, gostaria de que fosse usado em prol das crianças locais” e entregou o pacote de dinheiro.

Yoshida nasceu na cidade de Sakai (Osaka) e desde que se formou no ginásio, aprendeu o ofício e trabalha como barbeiro desde então, quando se mudou para essa cidade. São mais de 60 anos se dedicando à profissão.

Ele disse que “vivo sozinho e não tenho filhos”. Contou que todos os dias vê as crianças animadas na creche que fica perto da sua barbearia e elas se tornaram sua fonte de energia. Por isso, decidiu doar a sua poupança acumulada ao longo dos 60 anos. “Quero que as crianças fiquem felizes”, disse.

O prefeito da cidade, Yasuyuki Fujiwara, disse que irá considerar como usar os 10 milhões de ienes. “Somos gratos pela doação, de uma soma acumulada ao longo dos anos. Embora a taxa de natalidade esteja em queda, o apoio levará as crianças ao futuro, por isso, iremos aproveitá-lo da melhor forma possível”, declarou.

Fonte: Kobe Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros