Você sabe quais são os sintomas da doença inflamatória intestinal?

É importante sabermos como identificar os sintomas que apontam que estamos com às Doenças Inflamatórias Intestinais e realizar logo tratamento.

Imagem ilustrativa (banco de imagens)

Estamos no mês roxo, mês da prevenção e do cuidado com as doenças inflamatórias intestinais (DII). Englobam duas condições principais: a doença de Crohn e a colite ulcerativa. Ambas são doenças crônicas e autoimunes, que afetam o trato gastrointestinal e são caracterizadas por inflamação persistente e repetitiva.

Publicidade

Principais sintomas das doenças inflamatórias intestinais 

Os sintomas podem variar de leves a graves. Veja a seguir.

Dor abdominal: geralmente é recorrente e pode variar em intensidade e localização, dependendo da área afetada.

Diarreia: pode ser persistente e conter sangue ou muco, especialmente na colite ulcerativa.

Perda de peso não intencional: devido à redução da absorção de nutrientes e à diminuição do apetite.

Fadiga: é um sintoma comum, muitas vezes relacionado à inflamação crônica e à anemia.

Febre: pode ocorrer durante períodos de atividade inflamatória intensa.

Sangramento retal: é mais comum na colite ulcerativa e pode ser acompanhado de urgência na evacuação.

Úlceras e lesões: podem se formar no revestimento do trato digestivo, levando a complicações como feridas (fístulas) e inchaço com estreitamento.

Náuseas e vômitos: podem ocorrer, principalmente na doença de Crohn, quando o trato digestivo superior está envolvido.

Dor nas articulações: algumas pessoas com DII também experimentam dores articulares e inflamações.

Problemas de pele: podem ocorrer erupções cutâneas, úlceras na boca e problemas de cicatrização.

É importante ressaltar que as doenças inflamatórias intestinais são uma condição crônica e podem variar significativamente de pessoa para pessoa.

O diagnóstico e o tratamento adequados devem ser realizados por um médico gastroenterologista (消化器科医, lê-se shokakika-i), que pode solicitar exames, como colonoscopia, exames de sangue e imagens, para confirmar o diagnóstico. O nutricionista entra com a ferramenta alimentar para amenizar os impactos da doença e buscar a fase de remissão para conviver com a doença com controle e qualidade de vida.

Nutricionista Silvia Tsutsumi –  WhatsAppInstagram

Veja também estas os suplementos mais utilizados para ganho de massa muscular.

Para quem busca orientações sobre nutrição e planos de dietas alimentares personalizados, entre em contato com a Silvia. Faça uma consulta e tenha suporte de uma profissional qualificada.

WhatsApp - Instagram

Para quem busca orientações sobre nutrição e planos de dietas alimentares personalizados, entre em contato com a Silvia. Faça uma consulta e tenha suporte de uma profissional qualificada. Há planos específicos para quem mora no Japão.

Os textos publicados nesta página não refletem necessariamente a opinião do Portal Mie, são de criação e responsabilidade do autor Nutricionista Silvia Tsutsumi


– Pós-graduada em Nutrição do Nascimento a Adolescência pelo Centro Universitário São Camilo – SP
– Formada em Nutrição há 14 anos, onde concluí com Honra e Mérito, sendo homenageada como 1º lugar no curso pela Reitoria.
Tive a oportunidade de viver uma experiência incrível trabalhando em uma creche no Japão. Essa experiência me permitiu aprender muito sobre alimentação saudável, principalmente para crianças.
Atualmente moro no Brasil, atendendo via teleconsulta brasileiros que moram em diversos países, mas em especial no Japão. Hoje mais de 1000 vidas foram transformadas.

WhatsApp: +55 11 97315-7409 (toque para conectar)

Site: www.nutricionistasilviatsutsumi.com

Instagram: @nutricaovivida

Twitter: @Nutricaovivida

Facebook: Nutrição Vivida

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Acompanhe as tendências de moda e beleza no Japão

Publicado em 27 de maio de 2023, em Cultura Pop

Vamos conhecer os looks considerados mais fashionistas nas passarelas e nas ruas japonesas!

Jovem japonesa fashion (iStock)

O ocidente e o oriente possuem suas singularidades, especialmente no que diz respeito à moda.

Publicidade

Mas é fato que o Japão ocupa uma posição privilegiada entre as nações que exportam cultura fashion. Basta perceber as influências presentes nos cortes de cabelo até tecidos e formas dos calçados. Em razão do nível de dominância no mercado, quem se interessa por esse nicho deve se atualizar constantemente sobre as tendências do momento.

No Brasil, apesar dos mais de 17 mil quilômetros de distância, a cultura japonesa se mantém forte, principalmente na culinária, arte, visual e moda. Essa relação se justifica nas relações históricas que começaram a ser construídas no início do século XX, após a chegada dos primeiros imigrantes vindos da terra do Sol Nascente. Desde então, os laços envolvendo esses dois países ganharam novos sentidos.

Devido à miscigenação dos povos e modos de vida, não é difícil reproduzir nacionalmente os looks considerados mais fashionistas nas passarelas e nas ruas japonesas. Portanto, a fim de atualizar o guarda-roupa e garantir um bom visual, vale a pena conferir o que está em alta para os próximos meses, de acordo com o que tem sido usado recentemente no Japão.

Lolita

A imagem de uma cintura bem marcada em contraste com a saia rodada é marcante no imaginário no Nippon e voltou a ser referência no universo da moda. As categorias mais recorrentes são a tradicional, com tons neutros e tecidos elegantes; a do gótico romântico, que flerta com o punk e usa com intensidade as cores pretas; e o sailor, que reproduz ícones náuticos. As três vertentes se complementam com um estilo de maquiagem natural, capaz de transparecer delicadeza e inocência.

Make básica

Por falar em maquiagem, após um período de propulsão de maquiagens coloridas e blushes avermelhados, retorna ao topo das preferências um visual mais “clean”. Porém no melhor estilo japonês. Isso significa exaltar a translucidez da pele, através do truque de preparar a face com camadas finas de base, levemente realçada por um pó iluminador. Sustentar essa make, no entanto, exige uma rotina de skin care para preservar a saúde facial.

Saia máxi

Outro retorno triunfal é das saias máxi. Junto do movimento oversized, essas peças incorporam os demais estilos tradicionalmente usados pelas fashionistas japonesas, como girlie style, visual kei, decora kei e até mesmo o queridinho das Gen-Z, o e-girl. A partir de informações de moda na combinação de tecidos e na escolha das botas ou sandálias plataformas, é possível montar um look ideal para a rotina urbana durante os meses mais frios e secos do ano.

Osoroi

Sair com alguém vestindo roupas que combinam é uma das tradições mais afetuosas no Japão. Geralmente, o casal ou grupo de amigos escolhe estampas ou peças semelhantes, seja uma camiseta de algum personagem de anime ou um item mais clássico como um jeans masculino. O sentido é transparecer a união e o afeto que unem as pessoas que fazem o osoroi.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!