Pior onda de frio da temporada: tempestade e neve no Natal

Essa rigorosa onda de frio deverá ser a causa da neve, mesmo nas planícies de grande parte do arquipélago.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cena da cidade de Rumoi, em Hokkaido, na manhã de quarta-feira (FNN)

A partir da noite de Natal, sábado, até segunda-feira (27), uma rigorosa onda de frio fará nevar pesado no norte, nordeste e nas províncias banhadas pelo Mar do Japão. Mas, pode se estender para as regiões de Kinki, Tokai e Kanto, por isso, requer atenção.

Publicidade

Além da neve poderão ocorrer outros fenômenos como tempestade com rajadas de vento muito fortes e até tornados. De Hokkaido à região Chugoku poderá gerar alerta por causa da nevasca. Nas cidades costeiras é preciso cuidado também com a elevação das ondas.

Para quem reside nas regiões Hokuriku e Chugoku, como Fukui, Ishikawa, Toyama e Shimane, o tráfego poderá ser interrompido em algumas rodovias e vias expressas por causa da nevasca. Há risco de paralisação, por isso, é necessário se informar antes de sair de casa.

Região Tokai

Essa onda de frio é pior do que a anterior, entre 17 e 18, que fez nevar pela primeira vez em várias cidades como Nagoia, Gifu e Tsu. Desta vez, pode ser que não neve em Nagoia (Aichi) mas a temperatura máxima prevista é de 4ºC no domingo e na segunda-feira.

A nuvem que causa a neve deverá cobrir uma parte de Gifu e Mie, onde estão previstos flocos brancos no domingo. 

A temperatura deverá voltar a subir na terça-feira (28) em quase todo o país.

Fontes: FNN, Nagoya TV e Tenki

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Aumento de preços dos alimentos no Japão no início de 2022

Publicado em 23 de dezembro de 2021, em Sociedade

Os aumentos se devem a preços em ascensão de ingredientes após um crescimento na demanda na sequência da recuperação da crise do coronavírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mulher fazendo compras (ilustrativa/banco de imagens)

Preços de produtos alimentícios como farinha e óleo de cozinha devem aumentar no Japão a partir do ano que vem.

Publicidade

Os aumentos são decorrentes de preços em ascensão de ingredientes após um crescimento na demanda na sequência da recuperação da crise do coronavírus, assim como de custos de logística em alta.

A Yamazaki Baking planeja aumentar o preço de envio de seu pão e doces em uma média de 7,3% a partir de 1º de janeiro.

A Nisshin Foods, unidade do Nisshin Seifun Group, aumentará os preços da farinha de trigo em cerca de 3 para 6 por cento e produtos de misturas de farinhas em cerca de 4 para 6 por cento a partir de 4 de janeiro.

Os preços internacionais de farinhas dispararam com a forte demanda da China, causando impacto no Japão, o qual depende de importações para 90% do pó desidratado rico em amido.

Para óleo de cozinha, a J-Oil Mills planeja aumentar os preços do de canola em pelo menos 40 ienes por quilo a partir de 1º de fevereiro. Os preços do óleo de cozinha já subiram quatro vezes em 2021.

A Kewpie planeja aumentar os preços de seus produtos de maionese a partir de 1º de março, após seu último aumento em julho deste ano.

A Calbee aumentará os preços de suas batatas chips a partir do fim do próximo mês.

Fonte: Jiji

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância