Trem na Amaterasu Railway agora é movido a sobras de caldo de lámen

A ferrovia anunciou recentemente que eles haviam mudado para operar o trem inteiramente com biodiesel feito à base de sobras de caldo de tonkotsu lámen.

A bordo do trem na Amaterasu Railway você verá o cenário esplêndido de Takachiho em Miyazaki (NHK)

A Amaterasu Railway na província de Miyazaki tem um trem local popular que leva os passageiros a uma jornada de 30 minutos pelo espetacular cenário de Takachiho.

Publicidade

O trem peculiar é conhecido por ser aberto, sua jornada pela ponte ferroviária mais alta do Japão e condutores que sopram bolhas ao longo do caminho.

Mas agora ele também está conhecido por algo mais: deixar os passageiros com a sensação de fome.

Anteriormente, o Amaterasu Railway era movido a diesel e por ser aberto, passageiros sentiam o cheiro de gases de escape.

Um representante da ferrovia exibe amostras do biodiesel de caldo de lámen (Spoon and Tamago)

Entretanto, a ferrovia anunciou recentemente que eles haviam mudado para operar o trem inteiramente com biodiesel feito com sobras de caldo de tonkotsu lámen.

Agora, ao invés de exalar cheiro de queimado tóxico, os passageiros dizem estar sentindo o aroma de arroz frito ao longo do caminho.

A iniciativa ocorre de uma parceria com a Nishida Logistics, uma companhia de caminhões sediada na vizinha Fukuoka, lar do tonkotsu lámen.

Essa empresa descobriu uma maneira de converter o caldo espesso, gorduroso e à base de carne suína em biodiesel. Vários de seus caminhões funcionam com biodiesel e agora também o Amaterasu Railway.

Fonte: Spoon and Tamago

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mazda investirá ¥1,5 trilhão para obter baterias de veículos elétricos

Publicado em 22 de novembro de 2022, em Sociedade

A Mazda garantirá baterias e buscará aumentar a produção de veículos completamente elétricos em fábricas no Japão através de parceria com a Envision AESC.

A Mazda é sediada em Hiroshima (banco de imagens)

A montadora japonesa Mazda planeja investir ¥1,5 trilhão (US$10,6 bilhões) até 2030 para obter baterias de veículos elétricos (VEs) e cooperar com a fornecedora de baterias Envision AESC, divulgou o site Asia Nikkei nesta terça-feira (22).

Publicidade

Sediada em Hiroshima, a Mazda garantirá baterias e buscará aumentar a produção de veículos completamente elétricos em fábricas no Japão através de parceria com a Envision AESC, divulgou o site.

Tanto a Mazda como a Envision AESC não fizeram comentários. Montadoras no mundo estão investindo bilhões de dólares para aumentar a produção de veículos elétricos face às normas ambientais mais rigorosas.

Em agosto, a Toyota disse que investiria até ¥730 bilhões no Japão e nos EUA para produzir baterias destinadas a veículos completamente elétricos.

Sua rival Honda também disse no mesmo mês que construiria uma nova fábrica de baterias de íon de lítio para VEs de US$4,4 bilhões nos EUA junto com a fornecedora de baterias coreana LG Energy Solution.

A Mazda deve realizar uma coletiva de imprensa nesta terça-feira para falar sobre seu plano de negócios de médio prazo.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros