Brasileira poliglota é renomeada pela polícia de Shizuoka

Pelo seu desempenho nas instruções relacionadas ao trânsito no Japão, a brasileira poliglota foi renomeada para a função pela polícia da província.

A brasileira Sandra entre os chefes do Departamento de Trânsito da Polícia da Província de Shizuoka (Shizuoka Shimbun)

A Polícia da Província de Shizuoka anunciou na quarta-feira (5) que a brasileira Sandra Harumi Harada Devide, 47, poliglota, residente em Hamamatsu, foi renomeada Instrutora de Educação em Segurança de Trânsito aos Estrangeiros.

Publicidade

Tem como responsabilidade ensinar regras e boas maneiras no trânsito para os estrangeiros residentes na província, já pelo quinto ano consecutivo.

A brasileira Sandra foi nomeada pela primeira vez em setembro de 2019, pois é fluente em espanhol e inglês, como também no japonês e português. 

Além de atender os estrangeiros no Centro de Carteira de Habilitação de Seibu (zona oeste), visita as empresas e escolas para ensinar sobre segurança no trânsito.

Também é responsável pela elaboração de materiais educativos, como também orienta os estrangeiros que fazem consulta sobre o assunto.  

Como a partir de abril os usuários de bicicleta devem fazer um esforço para o uso do capacete, Sandra disse que “vou me esforçar para conscientizar as pessoas sobre as regras que diferem do seu país de origem e as características das bicicletas”.

Fonte: Shizuoka Shimbun

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Helicóptero da GSDF caiu em Miyako com 10 pessoas, incluindo o comandante

Publicado em 7 de abril de 2023, em Acidentes

O helicóptero desapareceu do radar e mais tarde foram encontradas peças que se supõe sejam dele, mas as pessoas a bordo ainda continuam desaparecidas.

O helicóptero desaparecido é igual a esse da foto cedida pela GSDF para a ANN

Antes das 15h56 de quinta-feira (6), o helicóptero utilitário UH60 JA da Força Terrestre de Autodefesa do Japão (GSDF), pertencente ao 8.º Esquadrão, de Kumamoto, desapareceu do radar enquanto sobrevoava o mar ao norte da cidade e ilha de Miyako (Okinawa).

Publicidade

De acordo com a GSDF, 10 membros estavam a bordo, incluindo Yuichi Sakamoto, 55, comandante da 8.ª Divisão.

Após decolar da base da ilha para verificar a topografia ao redor de Miyako, o helicóptero voou e cerca de 10 minutos depois desapareceu do radar.

De acordo com a Guarda Costeira do Japão, foram encontrados um bote salva-vidas dobrado com a inscrição da GSDF e também peças como caixilhos de janelas e rotores, que se acredita serem parte da aeronave, nas águas próximas a Irabu, em Miyako.

Até as 23h de quinta-feira a Guarda Costeira não encontrou nenhum dos membros e a busca continua.

Bote salva-vidas encontrado no mar (GSDF via NHH)

Fontes: Ryukyu Shimpo, NHK, ANN e NTV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!