Mãe vegana é condenada à prisão perpétua após bebê morrer de desnutrição

Uma mulher vegana acusada de assassinato na morte por desnutrição de seu filho de 1 ano e meio foi condenada à prisão perpétua nos EUA.

Ilustrativa (banco de imagens)

Uma mulher vegana acusada de assassinato na morte por desnutrição de seu filho bebê foi condenada à prisão perpétua na segunda-feira (29) nos EUA.

Publicidade

Sheila O’Leary, de 38 anos, cuja família seguia uma dieta vegana rigorosa, foi acusada em junho por assassinato de primeiro grau, abuso infantil agravado, homicídio agravado, abuso infantil e negligência infantil, na morte de Ezra O’Leary. Sua condenação no Condado de Lee, na Flórida, havia sido adiada quatro vezes.

Seu marido, Ryan Patrick O’Leary, continua na prisão enquanto aguarda julgamento sobre as mesmas acusações.

Segundo investigadores, o casal disse que consumia apena frutas e vegetais crus, embora a criança fosse alimentada com leite materno.

O filho de 1 ano e 6 meses pesava 8Kg e tinha o tamanho de um bebê de 7 meses quando morreu em setembro de 2019, de acordo com um relatório da polícia.

O casal de Cape Coral tinha outros dois filhos, de 3 e 5 anos, que também estavam desnutridos, segundo investigadores.

Fonte: The Independent

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Rede de restaurantes reduz em 1 hora o expediente de 400 lojas

Publicado em 31 de agosto de 2022, em Economia

Houve uma queda da demanda no horário noturno de parte dessa cadeia de restaurantes, por isso, a decisão de encerrar o expediente mais cedo.

Placa do Gusto (NTV)

A Skylark Holdings, operadora dos chamados family restaurants como Gusto e outros, anunciou a redução do expediente em parte deles, a partir de 1.º de setembro.

Publicidade

Os alvos são aproximadamente 400 das 3 mil lojas operadas pela Skylark Holdings em todo o país, como Gusto, Bamiyan e Jonathan.

O horário de encerramento do expediente será reduzido nas lojas do centro e da periferia das cidades, onde o número de clientes noturnos diminuiu devido à disseminação do home office. Alguns desses restaurantes encerrarão o expediente às 22h30 e outros às 23h.  

O mesmo vale para cerca de 300 restaurantes que fazem entrega, com redução de 1 hora. 

A empresa operadora informou que essa decisão é baseada na revisão do estilo de vida dos clientes e no reforço dos almoços que têm alta demanda.

Em meados de agosto a operadora informou que fechará cerca de 100 restaurantes cuja lucratividade deteriorou, principalmente na área de Kita Kanto. 

Placa do Skylark (JNN)

Fontes: JNN e NTV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros