Mulher encontra faca em sanduíche da Subway que foi entregue em sua casa

A mulher de 21 anos encontrou a faca em um sanduíche de atum que ela pediu para ser entregue em sua casa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Funcionário preparando sanduíche da Subway (ilustrativa/banco de imagens)

Uma mulher, grávida de 17 semanas, exigiu um pedido de desculpas após encontrar uma faca em seu sanduíche da Subway.

Publicidade

Nerice Moyse de 21 anos ficou chocada quando encontrou a faca longa de cabo amarelo no sanduíche de atum que ela havia pedido que entregasse em sua casa no condado de Suffolk, na Inglaterra, mais de uma semana atrás.

Entretanto, um porta-voz da Subway insiste que a rede tentou entrar em contato com Moyse quatro vezes para resolver o problema, mas ainda não havia obtido resposta. Eles também disseram que haviam pedido desculpas à ela.

Em um vídeo publicado no Facebook, Moyse é vista movendo o sanduíche e mostrando uma faca de serra de cabo amarelo dentro do papel de embrulho.

A mulher disse que estava feliz que a faca veio parar na casa dela ao invés de uma residência onde mora uma criança e disse que funcionários trabalhando naquele ambiente precisavam ser “incrivelmente cuidadosos”.

Moyse afirmou que não houve pedido de desculpas e que ela ainda estava com a faca em sua casa.

Um porta-voz da Subway disse ao site MailOnline, “A saúde e segurança de todos os clientes é de crucial importância para nós, e toda as franquias devem manter altos padrões de segurança de alimentos e sempre servir produtos para a satisfação do cliente”.

“Desde que o incidente foi trazido para nossa atenção, temos investigado detalhadamente e a equipe pediu desculpas à cliente imediatamente assim que informada.

“Desde então, a franquia entrou em contato com a cliente novamente para resolver o problema”.

Fonte: Daily Mail

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Casos de sífilis no Japão aumentam e o número anual pode passar de 10 mil

Publicado em 17 de agosto de 2022, em Sociedade

Dos casos reportados até 3 de julho, 67% dos portadores eram homens.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustração 3D do patógeno da sífilis (banco de imagens)

Os casos de sífilis estão aumentando no Japão no ritmo mais rápido do que em mais de duas décadas. De acordo com especialistas, os números da doença provavelmente passarão de 10 mil em um ano.

Publicidade

A sífilis (baidoku, em japonês) é uma infecção bacteriana que é transmitida principalmente através de contato sexual. As pessoas que contraem a doença podem não apresentar sintomas ou sintomas que desaparecem rápido. Ela tem cura, mas se não tratada, pode causar graves problemas no cérebro ou no coração.

De acordo com o Instituto Nacional de Doenças Infecciosas (NIID), 7.013 casos foram reportados a nível nacional de janeiro a 7 de agosto. O número é 1.7 vez maior do que o registrado para o mesmo período no ano passado.

Se os casos continuarem a aumentar no atual ritmo, o total para este ano poderia exceder os 10 mil pela primeira vez desde 1999, quando dados comparáveis começaram a ser disponibilizados.

Dos casos reportados até 3 de julho, 67% dos portadores eram homens.

Em relação às mulheres infectadas, aquelas na faixa dos 20 e 30 anos contaram por cerca de 75% do total. Infecções nos homens foram mais amplamente distribuídas, com aqueles na faixa dos 20 anos contando por 22.4%, na faixa dos 30 anos 25.4%, 40 anos a 25.8% e 50 anos a 16.4%.

Especialistas no tratamento da sífilis dizem que é importante usar camisinha para prevenir infecção, mas que preservativos não são 100% eficazes.

Eles pedem àqueles que se envolveram em sexo de risco que façam o teste para a doença mesmo que não apresentem sintomas.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência